Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Associação Black Panters capacita jovens para sensibilizar a população sobre a importância da vacinação  

Cidade da Praia, 17 Ago (Inforpress) – A Associação Black Panters promove hoje, na Cidade da Praia, uma acção de capacitação destinada a jovens voluntários da Várzea para serem multiplicadores de informação e sensibilizar a população local sobre a importância da vacinação da covid-19. 

Segundo avançou o presidente da Associação Black Panters, Alcides Amarante, a iniciativa está inserida na responsabilidade social a nível da saúde pública da associação e visa a realização de  uma campanha de vacinação, que irá decorrer na próxima semana sob o lema “Todos imunizados para zero covid-19 na Várzea da Companhia e arredores”. 

Tendo em conta a situação da covid-19 no País, a mesma fonte explicou que a associação conseguiu mobilizar alguns parceiros de modo a promover uma formação para capacitar os jovens activistas, que a partir de quarta-feira, 18, vão estar no terreno para preparar e falar com a população sobre a importância da vacinação, com uma abordagem “mais à altura” da comunidade local. 

“Pelo que constamos toda a comunidade esta ansiosa com a abertura deste posto de vacinação para a tomada da primeira dose da vacina, mas isso implica um trabalho de terreno com uma abordagem comunitária, e acredito que de uma forma em geral vamos conseguir concretizar este desiderato”, mencionou. 

Apesar de haver “um certo receio e dúvidas” em relação à vacina, Alcides Amarante mostrou-se confiante que vai ser possível imunizar a maioria da população elegível da Várzea, já que se trata de uma iniciativa “abraçada pelos jovens”.  

Por seu turno, o administrador executivo do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), Júlio Rodrigues, parabenizou a associação pela sua “dinâmica comunitária” e pelo facto de promover a campanha sob o lema “Todos imunizados para zero covid-19 na Várzea da companhia e arredores 

“Esse registo e dinâmica devem ser multiplicadas por todo País para que outras associações tomem isso como exemplo e tentem vacinar o seu bairro ou pelo menos a maioria das pessoas”, referiu. 

Na ocasião, assegurou que a vacina “é segura” e que é um complemento para prevenir outras doenças e complicações mais graves. 

“Em Cabo Verde temos tido o apoio técnico e financeiro dos nossos parceiros e reconhecemos tudo aquilo que a Organização Mundial da Saúde tem feito ao País, sobretudo na resposta a pandemia da covid-19 e incentivado na mobilização da comunidade organizada para dar resposta a doença”, apontou. 

A iniciativa conta com a parceria da Instituto Nacional de Saúde Pública e da Organização Mundial da Saúde (OMS).  

A formação conta com a participação de 25 jovens activistas da localidade da Várzea. 

AV/AA

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos