Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: África ultrapassou os 29.000 mortos nas últimas 24 horas

Lisboa, 29 Ago (Inforpress) – Os mortos em África devido à pandemia de covid-19 ultrapassaram os 29.000 nas últimas 24 horas, com os infectados a totalizarem agora 1.228.971, segundo dados oficiais.

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), que reúne os dados mais recentes dos relatórios oficiais dos 55 membros da organização, indica que a pandemia já provocou 29.087 mortos, mais 237 do que na sexta-feira.

Nas últimas 24 horas registaram-se 8.460 novas infecções, o que totaliza 1.228.971 casos na região, onde foram dados como recuperados 953.643 doentes (mais 7.283).

A África Austral continua a registar o maior número de casos e de mortos de covid-19, com 664.041 infecções e 14.715 mortos.

Só a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 620.132 e 13.628 vítimas mortais.

O norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem agora 223.718 pessoas infectadas e 8.344 mortos e na África Ocidental o número de casos subiu para 158.685 e o de vítimas mortais para 2.370.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é hoje de 128.947 e 2.619 mortos e na África Central estão contabilizados hoje 53.580 casos de infecção e 1.039 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.362 mortos e 98.285 infectados, seguindo-se a Argélia, com 1.470 mortos e 43.852 casos.

Marrocos contabiliza hoje 58.489 infectados e 1.052 vítimas mortais.

Nos cinco países mais afectados, estão também a Nigéria, que regista 53.477 infectados e 1.011 mortos, e o Sudão: 13.082 infectados e 823 mortos.

Entre os países africanos lusófonos, Cabo Verde lidera em número de casos (tem hoje 3.745 casos e 38 mortos), seguindo-se Moçambique (3.697 casos e 21 mortos), Angola (2.471 casos e 106 mortos) e São Tomé e Príncipe, com 895 casos e 15 vítimas mortais. A Guiné-Bissau mantém os indicadores (2.205 infecções e 34 mortos), de acordo com os dados divulgados pelas autoridades oficiais destes países.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), registou 4.941 pessoas infectadas e 83 mortes.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto em 14 de Fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 826 mil mortos e infectou mais de 24,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos