Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Abril tem sido o mês em que se registou maior número de óbitos em Cabo Verde – DNS

Cidade da Praia, 26 Abr (Inforpress) – O director Nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, afirmou hoje que o mês de Abril tem sido o mês em que se registou maior número de óbitos por causa de Covid em Cabo Verde.

“Já vamos num total de 40. É praticamente o dobro de óbitos ocorridos no mês de Março e ainda faltam quatro dias para terminar o mês de Abril”, disse o responsável, que falava na habitual conferência de imprensa para fazer o ponto situação da pandemia no País.

Para Jorge Noel Barreto, com a identificação de tantos casos, a probabilidade de haver casos graves aumenta e, consequentemente, também a possibilidade de pessoas morrerem por causa de Covid-19.

“Gostávamos de refazer aqui o apelo para que o cumprimento das medidas de prevenção, que já conhecemos, principalmente a questão do distanciamento e da utilização correcta das máscaras, para além da higienização das mãos e também a limpeza das superfícies”, completou.

O director Nacional da Saúde frisou ainda que torna-se cada vez necessário que as pessoas compreendam o papel que cada uma tem, no sentido de evitarem as aglomerações que se tem verificado, principalmente em relação às actividades lúdicas, festas privadas ou festa realizadas também em espaços públicos.

“Temos a sensação de que as pessoas ficam abismadas com o número de casos que temos estados a identificar, mas, entretanto, o comportamento ou as atitudes, não vão ao encontro com a situação epidemiológica”, acrescentou.

Prosseguindo, Jorge Noel Barreto reformou o apelo para que as pessoas repensem as suas atitudes, para que a situação possa voltar ao controle “mais rapidamente possível”.

“Isso enquanto também as instituições vão fazendo o seu papel e assim, juntos, poderemos dar a nossa contribuição para a melhor resolução da situação”, completou.

Em termos de vacinação, Jorge Noel Barreto precisou que, neste momento, já foram vacinadas um total de 12.901 pessoas, que já receberam a primeira dose das vacinas disponíveis em Cabo Verde.

“Em relação aos profissionais de saúde, um total de 3.888 pessoas. 2585 profissionais de saúde já receberam a segunda dose. Em relação aos idosos, já temos 7667 pessoas com idade igual ou superior a 60 anos que já foram vacinadas com a primeira dose da vacina e já tivemos a aplicação de um total de 10.121 doses da vacina da AstraZeneca”, informou.

Jorge Noel Barreto relatou ainda que, até este momento, não se registaram eventos adversos mais graves, “apenas situações de diarreia, de alguma tontura, febre e indisposição, mas que são efeitos esperados da vacinação”.

Cabo Verde contabiliza, segundo as últimas actualizações, 2839 casos activos, 19525 casos recuperados, 208 óbitos, seis óbitos por outras causas e oito transferidos, perfazendo um total acumulado de 22586 casos positivos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 3.109.991 mortos em todo o mundo desde que foram detectados os primeiros casos, em Dezembro de 2019, dos quais 9.630 no domingo, segundo um balanço hoje divulgado pela AFP.
GSF/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos