Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Correios de Cabo Verde disponibiliza recursos à campanha “Menos Álcool e mais vida”

Cidade da Praia, 10 Dez (Inforpress) –  Os Correios de Cabo Verde (CCV) vão disponibilizar anualmente 10 por cento (%) do dividendo distribuído da participação financeira, para apoiar na promoção da campanha de prevenção “Menos Álcool e mais vida”, promovida pela Presidência da República.

A informação foi avançada hoje à imprensa na Cidade da Praia, pelo presidente dos CCV, Isidoro Gomes, na cerimónia de assinatura do protocolo, válido por um período de um ano, que associa os Correios de Cabo Verde e o Instituto do Desporto e da Juventude (IDJ) à campanha de prevenção do uso abusivo do álcool.

Isidoro Gomes adiantou que no âmbito das suas responsabilidades sociais e como uma empresa mais antiga do País, não poderiam ficar de fora desta luta.

Neste sentido, vão disponibilizar anualmente 10% do dividendo distribuído da participação financeira dos Correios na Cabo Verde na Cabo Verde Telecom para apoiar na promoção desta campanha.

O chefe da Casa Civil enalteceu o facto deste protocolo ter sido assinado na data em que se assinala o Dia Internacional dos Direitos Humanos, tendo em conta que, pelo facto da questão do uso abusivo do álcool estar ligado à questão dos direitos humanos, pode limitar o exercício desses direitos.

“Pelo facto de não se atacar de forma adequada este problema, poderá significar um desrespeito ou não respeito total aos aspectos importantes dos direitos humanos, então para nós a abrangência do simbolismo é extremamente importante”, frisou.

Para Manuel Faustino, a associação destas duas instituições nesta campanha é uma mais-valia, porque o IDJ é um organismo que está directamente ligado à juventude, enquanto os Correios de Cabo Verde é uma instituição centenária com grande responsabilidade social.

Trabalhar de forma mais estreita com o instituto, frisou, será um avanço muito grande que lhes vai permitir chegar aos jovens e desenvolver mecanismo de informação para reduzir e prevenir o uso de álcool.

“Os clubes têm um papel fundamental, mas que nem sempre tem sido assumido. Nós sabemos que no meio desportivo ainda há um consumo importante de bebidas alcoólicas, então assinar [protocolo] com o instituto é extremamente importante. Os correios é uma instituição mais antiga (…), situada em todos os pontos do País e que tem uma ampla capacidade de comunicação e de chegar ao público mais diversificado”, justificou.

O presidente do IDJ, Frederic Mbassa, disse que tendo em conta a retoma das actividades desportivas no País, é necessário fazerem um trabalho de sensibilização para que esta retoma aconteça de forma segura e passando os bons valores para o desporto.

Questionado se não há uma contradição, uma vez que os jogos são muitas vezes patrocinados por empresas fornecedoras de bebidas alcoólicas, este responsável disse que não, porque a nova lei do álcool proíbe financiamento de empresas ligadas ao ramo de bebidas alcoólicas.

“Nós estamos aqui é para mobilizar, é para sensibilizar e fazer com que o desporto seja livre do uso abusivo do álcool, por isso não há contradição, nós estamos a trabalhar e há outras formas de financiamento e vamos trabalhar em conjunto com as entidades desportivas privadas, para que possamos criar aqui um novo quadro de financiamento”, disse, ajuntando que é um desafio, mas que esta campanha só veio ajudar a criar um bom quadro para o desenvolvimento do desporto.

Ainda através do trabalho que realizam com as associações juvenis, sublinhou, vão trabalhar nas campanhas de sensibilização e de informação sobre os desafios e os males que o uso do álcool traz à sociedade, para que possam ter uma juventude saudável.

AM/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos