Coordenador da Plataforma diz que desunião com a UNTC-CS “prejudica duplamente” os trabalhadores 

Cidade da Praia, 01 Mai (Inforpress) – O presidente da Plataforma Unir e Resgatar a União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical (PUR UNTC-CS) disse hoje que a desunião com a UNTC-CS “prejudica duplamente” os trabalhadores e fragiliza os sindicatos.  

Eliseu Tavares reagia após ser questionado sobre a mensagem do Presidente de República, alusiva ao Dia Internacional do Trabalhador, que apelou aos sindicatos à “serenidade, diálogo e equilíbrio”, para que possam ser encontrados os melhores caminhos de convergência, que dignifiquem e reforcem os sindicatos, que são pilares do Estado de Direito Democrático 

O sindicalista que falava na manhã de hoje em conferência de imprensa sobre o 1º de Maio, disse que o dia “demonstra a desunião” dos sindicalistas e do sindicato.  

“Claramente que a desunião entre a UNTC-CS prejudica também duplamente os trabalhadores os sindicatos ficam fragilizados, ficam sem aquela orientação que devia ser comum e imanada da própria UNTC-CS como garante da união”, apontou.  

Segundo Eliseu Tavares, o Dia Internacional do Trabalhador deveria ser assinalado com uma “grande manifestação”, mas “infelizmente a data tem passado em vão sem nenhum pronunciamento” da UNTC-CS.  

Assegurou que a plataforma sempre esteve aberto ao diálogo.  

“Não é por acaso que esta no tribunal pelo menos três processos, um contra o conselho nacional realizado de forma ilegal e mais dois contra o congresso que também foi realizado ilegal e contra-ataques graves ao estatuto da UNTC-CS, de modo que estamos aqui preocupados, mas paciente a espera da justiça”, referiu.  

O Dia do Trabalho ou Dia Internacional do Trabalhador é comemorado anualmente no primeiro dia do mês de Maio em diversos países do mundo.  

Esta data representa o momento que os empregados e os empregadores têm para reflectir sore as legislações trabalhistas, normas e demais regras de trabalho.  

Nesta data também é homenageada a luta dos trabalhadores que reivindicaram por melhores condições trabalhistas. Graças à coragem e persistência dessas pessoas, os direitos e benefícios actuais dos quais usufruímos foram conquistados.  

AV/AA 

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos