Contas trimestrais apontam para aumento do PIB em 16,8% no primeiro trimestre de 2022 – INE

Cidade da Praia, 30 Jun (Inforpress) – O Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde registou no primeiro trimestre de 2022 uma variação homóloga de 16,8% em termos reais, taxa superior em 4,9 pontos percentuais (p.p.) à verificada no quarto trimestre de 2021.

De acordo com as contas trimestrais, divulgadas hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), este acréscimo resultou do aumento do consumo privado e das exportações.

O consumo final registou uma variação homóloga positiva de 20,5%, no primeiro trimestre de 2022 (28,1% no trimestre anterior).

“O consumo privado aumentou 27,5%, em termos reais, no 1º trimestre de 2022 (27,5% no 4º trimestre de 2021). O consumo público apresentou uma taxa de variação homóloga de 2,7%, em volume (29,9% no trimestre anterior)”, refere o documento.

Já o investimento obteve uma variação homóloga negativa de 24,6% em volume no primeiro trimestre de 2022 (variação de -35,6% no trimestre anterior).

De acordo com o INE, as exportações de bens e serviços em volume foram de 150,1% contra os 119,4% do trimestre anterior e as importações aumentaram 25,4% em volume.

O INE adianta que o Valor Acrescentado Bruto (VAB) a preços de base verificou, no primeiro trimestre de 2022, uma evolução homóloga positiva de 15,4 % em termos reais, aumentando em 4,4 p.p em relação ao trimestre anterior.

O VAB do ramo agricultura diminuiu 16,4%, no primeiro trimestre de 2022, contribuindo negativamente em 1,4 p.p. na variação total do crescimento do PIB.

O ramo da indústria transformadora registou um aumento de 17,4% (16,2% no quarto trimestre de 2021), contribuindo com 2,1 p.p. para a variação total do crescimento do PIB, da construção, uma diminuição de 7,4%, no primeiro trimestre, tendo uma contribuição negativa de 0,4 p.p. na variação total do crescimento do PIB.

No comércio, a variação homóloga foi de 36,4%, em volume, (12,5% no trimestre anterior), traduzindo-se num contributo para a variação homóloga do PIB em 3,0 p.p.

A nível dos transportes, alojamento e restauração em termos reais foi registada uma variação positiva de 12,9% e 14,9%, no primeiro trimestre.

Por seu lado, o VAB do ramo da Administração Pública registou uma variação homóloga de 8,5% no primeiro trimestre (14,5% no quarto trimestre de 2021), contribuindo em 1,2 p.p. para a variação total do crescimento do PIB.

Por sua vez, os impostos líquidos de subsídios sobre os produtos em termos reais apresentaram uma variação homóloga positiva de 28,9%, no primeiro trimestre de 2022, contribuindo positivamente em 3,2 p.p. para a variação total do PIB.

AV/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos