Diocese de Santiago cria equipa de trabalho para harmonizar processos matrimoniais e informatizar registos

 

Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – O Conselho Presbiteral (CP) da Diocese de Santiago decidiu criar uma equipa de trabalho para a harmonização dos processos matrimonias e informatização dos registos da diocese.

O Conselho que reuniu-se nos dias 18 e 19 de Abril, sob presidência do Bispo de Santiago determinou, ainda, integrar a comunidade de Pau de Saco (Paróquia de São Nicolau Tolentino) na Paróquia de Nossa Senhora da Luz e aprovou a informação do cardeal sobre a assinatura de um protocolo entre a Diocese e a Uni-CV, através da Caritas Diocesana e da Pastoral Universitária.

No que se refere a criação de uma equipa de trabalho para a harmonização dos processos matrimoniais e informatização dos registos da diocese, o conselho explica em comunicado, que a decisão se deveu a constatação de alguma discrepância, a nível diocesano, no que se refere aos processos matrimoniais.

“Há paróquias que fazem constar no processo certos documentos que outras não o fazem. Então, o CP decidiu criar uma comissão composta por padres e leigos liderada pelo Padre Boaventura Lopes. Esta comissão deverá começar a trabalhar imediatamente para, em Setembro, apresentar um ”draft” para avaliação do CP”, sublinha o comunicado.

Quanto a parceira com as universidades ficou a intenção da Diocese em criar um fundo de apoio aos jovens das paróquias de Santiago que têm dificuldades em suportar os estudos.

Nesta reunião ordinária, o CP decidiu, também, constituir uma comissão diocesana para a formação permanente do clero, uma vez que a Diocese encontrou abertura junto da Pontifícia União Missionária, para financiamentos parciais de projectos e formação quer para o clero quer para os leigos.

Constou ainda de deliberação desta reunião ordinária do CP, a elaboração de uma regulamentação do Acordo Jurídico entre Cabo Verde e a Santa Fé e a constituição de um secretariado vicarial da juventude.

Neste encontro o padre João Augusto, vigário geral da Diocese, apresentou ao CP o Plano Pastoral para o ano 2017/2018, que será dedicado a formação, em que todas as paroquias terão o direito a seis sessões de formação, sendo cinco formação nos primeiros sábados e uma formação/retiro para os jovens durante as férias escolásticas.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos