Conferencista destaca projecção do legado de Amílcar Cabral no mundo artístico

Cidade da Praia, 19 Jan (Inforpress) – O combatente da liberdade da Pátria e antigo Embaixador, Luís Fonseca, destacou hoje a projecção do legado de Amílcar Cabral em trabalhos culturais de artistas de todo o mundo, facto que, a seu ver, é motivo de orgulho.

Luís Fonseca, falava durante uma Conversa Aberta (‘on-line’) intitulada Projecção Universal de Amílcar Cabral, que também foi animada pela historiadora Ângela Coutinho.

Na sua intervenção, o antigo combatente da liberdade da Pátria começou por citar a recente nomeação de Amílcar Cabral como o segundo maior líder mundial de todos os tempos, numa lista elaborada por historiadores para a BBC, afirmando que tal desta destaque não é só orgulho para cabo-verdianos e guineenses, mas também para todos os africanos.

“A Projecção de Cabral no mundo artístico é importante”, prosseguiu Luís Fonseca, citando composições musicais, poemas e, pinturas trabalhos cinematográficos nacionais e internacionais, completando que este são testemunhos de que “o memorial de Cabral perdura através de palavras, imagens e sons de criadores de todos os continentes”.

“Devemos reconhecer o esforço de alguns intelectuais cabo-verdianos no sentido de contribuírem para o estudo, divulgação e preservação do legado de Amílcar Cabral. A Fundação tem sido o bastião da preservação deste legado”, acrescentou.

Finalizando, Luís Fonseca referiu que já foram publicados várias obras de Amílcar Cabral e que também estão em curso outras iniciativas no sentido de dar a conhecer a Cabo Verde e ao mundo o legado da “grande figura” que foi o mentor da luta e libertação nacional.

GSF/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos