Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Comunidade de Sant´Egídio exorta praienses a iniciarem novo ano com um passo de paz

Cidade da Praia, 01 Jan (Inforpress) – O coordenador da Comunidade de Sant´Egídio defendeu hoje uma maior consciencialização dos cabo-verdianos sobre a importância do cultivo da paz, exortando os mesmos a iniciarem o novo ano com “um passo de paz e harmonia”.

Bernardino Gonçalves fez estas declarações à Inforpress, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Paz, que é assinalado na Cidade da Praia com um encontro de reflexão sobre a importância da paz e o amor ao próximo, promovido pela Comunidade de Sant´Egídio, na praça Alexandre Albuquerque, no Platô, sob o lema mundial “Paz em todas as terras”.

“Paz em todas as terras” no entender deste responsável, é a escolha para começar o novo ano com um passo de paz, afirmando que a Comunidade quer dar vida a um único grande evento que percorre o mundo, uma única grande invocação de paz, em diferentes línguas, mas com o mesmo espírito.

“Para nós é um gesto bonito de começarmos o ano com um passo de paz para marcar aquilo que serão as nossas acções ao longo do ano, ou seja cada dia colocaremos uma pedra para fortalecer a construção da paz no nosso país”, disse afirmando que o evento servirá também para evento partilhar com os presentes as mensagens sobre paz a serem aplicadas no seu dia-a-dia visando contribuir para construção de uma sociedade mais harmoniosa.

Esta iniciativa, conforme elucidou, visa apoiar com carinho e entusiasmo a “bela mensagem” do Papa Francisco: “A boa política está ao serviço da Paz”, cuja iniciativa é celebrada em mais de 900 cidades do mundo.

“Sentimos como decisivo responder ao apelo que o Papa Francisco dirige a nós cristãos, mas também a cada crente e a cada homem e mulher de boa vontade, com um compromisso pessoal e comum, decisivo e diário, a favor da justiça e da paz”, afirmou, parafraseando o líder da Igreja Católica, que disse que “cada um pode contribuir com a própria pedra para a construção da casa comum”.

Entretanto, defendeu, por outro lado, uma maior promoção e criação de condições para melhorar a qualidade de vida das famílias cabo-verdianas, frisando que em Cabo Verde tem se dado mais importância à áreas materiais e tem se esquecido da promoção de valores para que as pessoas desenvolvam, cada vez mais, os sentimentos da fraternidade, solidariedade e bondade.

Para este responsável, para além da promoção dos valores para a construção de uma sociedade pacífica, as autoridades competentes tem que, por outro lado, criar e implementar políticas e medidas eficazes capazes de combater aos actos de violência a vários níveis  registados no país com vista a punir severamente os infratores da lei.

No dia em que se celebra o Dia Mundial da Paz, o coordenador da Comunidade de Sant´Egídio apelou a todos os cabo-verdianos a abraçarem a causa que é a luta pela construção de um Cabo Verde melhor em que a paz, ajuntou, enquanto elemento fundamental para o desenvolvimento do país seja uma practica contínua.

A Comunidade de Sant’Egídio, Associação Internacional Pública de Leigos reconhecida pela Santa Sé e por várias organizações internacionais, incluindo as Nações Unidas e a União Africana, está presente em 73 países do mundo com a participação activa de mais de 60 mil pessoas e a colaboração de milhares de voluntários.

As suas fronteiras são, em qualquer lado, a comunicação do Evangelho, a solidariedade com os pobres e a construção da paz. Os membros da comunidade de Sant´Egídio são conhecidos pela seriedade com que levam o trabalho pela paz através da amizade com os mais pobres da sociedade.

Em Cabo Verde tem actuação a nível da Cidade da Praia e actua desde algum tempo no bairro de Safende, propondo às crianças, adolescentes e jovens uma cultura de paz e da não-violência.

O Dia Mundial da Paz é comemora no dia 01 de janeiro, o Dia de Ano-Novo.

Inicialmente chamado somente de Dia da Paz, a celebração foi criada pelo Papa Paulo VI em Dezembro de 1967. A partir de então, todos os anos, o primeiro dia do ano passou a celebrar o Dia Mundial da Paz.

CM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos