Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Comissário da CEDEAO realça importância do corredor Praia-Dakar–Abidjan no reforço da integração regional

Cidade da Praia, 19 Mar (Inforpress) – O Comissário da CEDEAO para área das Infraestruturas, Pathe Gueye, realçou hoje, na Cidade da Praia, a importância do projecto corredor Praia-Dakar-Abidjan para o reforço da integração da região oeste africana.

Aquele responsável falava na abertura da reunião dos técnicos especialistas que antecede a reunião do Comité Ministerial de gestão e experts do projecto corredor Praia-Dakar-Abidjan, a ter lugar na Praia no dia 21 do corrente mês.

Do encontro da Praia disse esperar o afinar das estratégias para a “implementação rápida” desse projecto importante para a CEDEAO e também para os Estados membros da comunidade.

“Este encontro é importante para todos nós porque vai acelerar o desenvolvimento do projecto. Fico convicto de que com o vosso empenho o encontro vai ser um sucesso”, augurou.

O comissário lembrou que em Dezembro de 2018 os Chefes de Estado e do Governo do Senegal, da Gambia, da Guiné Bissau, da Guiné, da Serra Leoa, da Libéria e Côté d’Ivoire assinaram o tratado que já fornece um quadro regulamentar e funcional para a implementação do projecto.

Falta agora mobilizar o financiamento do projecto. Neste sentido, informou que pedidos já foram enviados aos parceiros técnicos e financeiros, como o BAD, a NEPAD, a União Europeia, os países Bascos, o BIDC para a mobilização da parte financeira para elaboração deste projecto.

O programa de desenvolvimento do corredor Praia-Dakar-Abidjan prevê a criação de infra-estruturas de conexão em transporte entre os países da CEDEAO, nomeadamente uma autoestrada entre Dakar e Abidjan e a criação de capacidades para uma boa ligação marítima entre Cabo Verde e o continente através do Porto de Dakar.

O encontro técnico tem na agenda a revisão do progresso de implementação do programa, a discussão e a projecção da componente ligação marítima, a revisão do cronograma de implementação e a conclusão da elaboração dos termos de referência para a realização de estudos de preparação do projecto.

Conta com as participações de técnicos de Cabo Verde, Côté d’Ivoire, Gambia, Guiné, Guiné-Bissau, Serra Leoa, Libéria e Senegal.

A abertura esteve a cargo do secretário de Estado de Economia Marítima de Cabo Verde, Paulo Veiga, que classifica esse projecto como “um dos maiores projectos” de infraestruturação e integração da região oeste africana.

Na sua perspectiva, a execução do mesmo vai proporcionar à comunidade regional de países a oportunidade primeira de promover a verdadeira integração dos Estados membros, em todas as suas vertentes.

Cabo Verde enquanto país arquipélágico, membro da CEDEAO e parte do corredor, dará todo o apoio necessário para a boa execução desse projecto, garantindo assim uma maior integração dos países dentro da Comunidade Económica dos Estados da Africa Ocidental (CEDEAO).

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos