Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Comissão Mista Cabo Verde/Senegal realiza-se na Cidade da Praia 23 anos após a última reunião

 

Cidade da Praia, 20 Nov (Inforpress) – A comissão mista entre Cabo Verde e Senegal está reunida na Cidade da Praia, na sua VIII sessão, que acontece 23 anos após a última reunião, tendo na agenda o reforço da relação bilateral nos diversos domínios.

O encontro é co-presidido pelos chefes da diplomacia dos respectivos países, o ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades e ministro da Defesa de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, e o ministro dos Negócios Estrangeiros Senegaleses e do Exterior, Sidiki Kaba.

Em declarações à imprensa após abertura da sessão, os dois governantes consideraram esse encontro “um momento histórico”, porquanto está-se a ser retomado “aquilo que nunca devia ser suspenso”.

“Cabo Verde e Senegal têm laços históricos muito fortes, mas o importante é que nós fomos capazes de retomar esse acto”, disse Luís Filipe Tavares, adiantando que essa reunião acontece na sequência do encontro realizado em Nova Yorque, há dois meses.

O encontro, que decorre ao longo do dia de hoje, será oportunidade para as delegações passarem em revista as grandes linhas de cooperação entre Cabo Verde e Senegal no intuito de recentra-las em torno de parcerias concretas, com destaque para as económica-empresariais, susceptíveis de lançar as bases para um relacionamento bilateral mais sustentável no quadro da agenda regional.

Neste particular, a questão económica aparece como uma das prioridades, e, em particular, a ligação marítima Dakar/Praia, considerada importante para o incremento das trocas comerciais entre as duas cidades.

“Essa ligação é algo desejado pelos povos dos dois países há vários anos. Vamos trabalhar com responsabilidade para vermos se conseguiremos concretizar esse velho sonho”, disse, apontando também para outros domínios, designadamente o ensino superior, a defesa, a cultura e as pescas.

Para o ministro senegalês Sidiki Kaba este encontro da Praia vai escrever uma nova página no relacionamento entre Senegal e Cabo Verde. Na sua perspectiva, apesar das boas relações políticas e de boa vizinhança, actualmente, é necessário ir mais longe para construir uma parceria estratégica entre os dois países.

“Essa reunião vai-nos permitir discutir melhor as formas de reforçar as nossas relações a nível económico e comercial, no domínio da formação e da segurança e defesa para estarmos em condições de enfrentar os desafios actuais que são a luta contra o terrorismo, contra idealismo e islamismo violento”, disse o governante senegalês.

Neste particular, Luís Filipe Tavares recordou que Cabo Verde está a trabalhar para a criação da Zona G, zona de segurança e protecção marítima, com apoio dos países mais avançados do mundo e amigos do Golfo da Guiné.

Além de analisar a cooperação bilateral e regional nos diversos domínios, a visita servirá também para as duas delegações prepararem a visita do Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, ao Senegal, agendada para o primeiro trimestre de 2018.

O encontro deverá culminar com a assinatura de “importantes acordos” de cooperação bilateral nas áreas da cultura, da comunicação social, saúde e transportes marítimos.

MJB/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos