Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

COC apresenta programa “Back2play CV”

Cidade da Praia, 30 Abr (Inforpress) – O Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC) apresentou hoje, na cidade da Praia, o programa “Back2play CV”, que visa dar apoio às federações desportivas na retoma das competições, em segurança, no contexto da pandemia do covid-19.

O “Back2play” é um programa da Associação de Comités Olímpicos Nacionais Africanos (ACNOA), que surge como forma de auxiliar os países membros na retoma das competições desportivas em segurança, no contexto da pandemia do covid-19

Em declarações à imprensa, o gestor do projecto, Elton Gonçalves, explicou que “Back2play” é um projecto que visa colaborar com os agentes desportivos na retoma gradual do desporto a nível nacional.

“Dentro do programa, fizemos a criação de uma aplicação, enviamos também um questionário às instituições desportivas, nomeadamente, às federações e às instituições desportivas, mais concreto, aos pavilhões e às infra-estruturas desportivas, para nos falarem das suas necessidades que têm a nível dos materiais”, explicou.

Segundo a mesma fonte, a parte da aplicação vai servir como um manual digital para que o COC possa garantir o “checklist” de toda a parte de segurança sanitária, que se deve ter antes e depois de quaisquer eventos desportivos e, também, dando conta ainda das matérias sanitárias que serão distribuídas às associações desportivas, mediante solicitações.

Informou ainda que o projecto “Back2play” não serve apenas para entrega de matérias, mas também para orientar os agentes desportivos, na retoma desportiva, de uma forma sensata e segura.

“A aplicação é actualizada consoante os regulamentos das autoridades competentes na área da saúde, ou seja, vai ser feita de acordo com as normas impostas pelas autoridades. Também temos uma parte que será para as associações solicitarem as suas necessidades de matérias de prevenção, nomeadamente, álcool gel, máscaras, termómetros entre outros”, assegurou.

Elton Gonçalves lembrou que as competições desportivas no país foram cessadas, e a retoma tem sido gradual, no entanto, com dificuldades para as Federações que não possuem equipamentos necessários para a protecção dos envolvidos.

O responsável adiantou, por isso, que o COC concorreu ao programa para assim beneficiar directamente as federações desportivas nacionais

DM/JMV
Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos