Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

CNE fixa número de eleitores por mesa e divulga medidas de segurança sanitária para as eleições de 18 de Abril

Cidade da Praia, 08 Abr (Inforpress) – A Comissão Nacional de Eleições (CNE) fixou em 350 o número máximo de eleitores por cada mesa de assembleia de voto, para a eleição dos deputados à Assembleia Nacional no próximo dia 18 de Abril.

De acordo com a deliberação da CNE, a que a Inforpress teve hoje acesso, trata-se de uma medida que visa “minimizar os constrangimentos logísticos, nomeadamente, a falta de edifícios públicos e de cidadãos para desempenharem as funções de membros de mesa de voto, verificados nas eleições de 2020”.

No mesmo documento, a CNE indica que as urnas abrem às 07:00 e fecham às 18:00 e alerta, por outro lado, para a proibição da venda de bebidas alcoólicas nas imediações das mesas de assembleias de voto das 07:00 às 19:00 do dia das eleições.

A deliberação da CNE aponta um conjunto de medidas de segurança sanitária a serem observadas durante o dia das eleições legislativas, nomeadamente, o distanciamento de 1,5 metros entre os eleitores em fila, a higienização das mãos com álcool-gel por parte dos eleitores, bem como a obrigatoriedade do uso, por parte dos membros da mesa, de um equipamento específico que integra máscara cirúrgica, viseira e luvas.

A CNE recomenda que seja dada prioridade aos eleitores que integram os grupos de risco, nomeadamente, os idosos e doentes crónicos, pessoas com deficiência e mulheres grávidas.

Na deliberação a CNE informa que vai solicitar os serviços da Polícia Nacional no sentido de “condicionar o trânsito em frente às assembleias de voto, proibindo apenas o estacionamento, podendo-se parar pelo tempo estritamente necessário para largar ou apanhar passageiro, tendo em vista evitar a aglomeração de veículos automóveis em frente aos edifícios onde vão funcionar as assembleias de voto”.

Nesses locais, não será permitida, igualmente, a permanência dos eleitores que já tenham exercido o seu direito de voto, “uma vez que essa situação condiciona o acesso de eleitores com deficiência, para além de propiciar a pressão e influenciação de outros eleitores, ou seja, o tradicional ‘boca de urna’”.

Às legislativas do dia 18 de Abril para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.


HF/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos