Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

CNDHC lança esta quinta-feira na Praia versão adaptada do “Cidadão Pikinoti” em Vídeo

Cidade da Praia, 01 Ago (Inforpress) – A Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC) lança esta quinta-feira, no Auditório do Centro Cultural Português na Cidade da Praia, a versão adaptada do “Cidadão Pikinoti” em vídeo.

O projeto financiado pela Bornefonden e Cooperação Portuguesa é, segundo fontes da CNDHC, fruto de uma adaptação da cartilha “Cidadão Pikinoti”, apresentado ao público pela instituição em 2013.

A cartilha que contou com o apoio da UNICEF para a sua publicação, tinha como objectivo transmitir aos pikinotis (crianças) os conceitos básicos relacionados com os seus direitos e deveres e com o exercício da cidadania.

“A adaptação para o formato audiovisual, que terá uma edição com língua gestual, tem como propósito permitir que o conteúdo seja mais atractivo e acessível ao maior número possível de crianças”, sublinha fonte da CNDHC.

Conforme a instituição, o vídeo será posteriormente distribuído aos estabelecimentos de ensino do país, com o intuito de que venha a ser utilizado como um recurso didático.

O acto de lançamento terá um momento musical com a Associação Cabo-verdiana de Surdos; com a atuação do jovem Titico Pires, do grupo Mon na Roda e breves conversas com as crianças que deram as vozes ao vídeo (Aguiana Varela (voz da Samira) e Inês Monteiro (voz do Miguel).

Além de algumas instituições nacionais, as crianças que frequentam os centros do ICCA, ACRIDES e Aldeias Infantis SOS vão estar presentes no evento.

A cartilha do “Cidadão Pikinoti” que desde o seu lançamento em 2013, tem sido distribuída aos jardins de infância e escolas do ensino básico do país visa transmitir aos pikinotis (crianças) os conceitos básicos relacionados com os seus direitos e deveres e com o exercício da cidadania.

A versão cartilha em 2016, foi adaptada para o Sistema Pictográfico para Comunicação (SPC) e destinada a crianças com necessidades educativas especiais.

PC/FP

Inforpress/Fim

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos