Praia vai beneficiar em Janeiro de mais cinco mil metros cúbicos de água com instalação de uma nova dessalinizadora

Cidade da Praia, 02 Dez (Inforpress) – A capital do país vai beneficiar, a partir de Janeiro, de mais uma dessalinizadora, financiada pela Holanda, aumentando a produção diária de água em mais cinco mil metros cúbicos, disse o PCA de Águas de Santiago (ADS) à Inforpress.

Olívio Ribeiro, que falava sobre a normalização, desde domingo, da distribuição de água na cidade da Praia e São Domingos, que viviam uma penúria de água devido a uma avaria numa das dessalinizadoras da Electra, garantiu que com esta máquina a funcionar algumas zonas de Santiago Sul vão voltar a ter água na rede 24 horas.

“Na Praia, esta é a grande novidade quanto à distribuição de água. O aumento de água vai abranger zonas que antes não estavam incluídas na rede, com carga de água durante 24 horas”, acrescentou.

A par isso, informou que os bairros de Cidadela e outras que não tinham rede de água vão beneficiar, no início de ano, de uma conduta que será instalada com financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e Fundo de Kuwait.

Olívio Ribeiro disse ainda que os trabalhos de consultadoria do processo, que foi interrompido devido a situação da Covid-19, já foram retomados, pelo que augura, caso tudo correr bem, em 2021 estas zonas passarão a ter água ligada à rede.

Apesar da retoma de distribuição de água na Praia e São Domingos, a ADS informa que a estabilização operacional de algumas zonas consideradas críticas (zonas hidráulicas altas) ocorrerá nas próximas 48 horas, tendo em conta a diminuição da disponibilidade de água nos últimos dias.

Os concelhos da Praia e São Domingos vinham passando por constrangimentos com água desde 15 de Novembro.

PC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos