Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

CERECC pretende aprofundar conhecimento sobre o estado de cooperação entre Cabo Verde e Cuba

 

Cidade da Praia, 06 Jun (Inforpress) – A Comissão Especializada de Relações Externas, Cooperação e Comunidades (CERECC) pretende aprofundar o conhecimento sobre o estado de cooperação entre Cabo Verde e Cuba, tendo em conta a amizade existente entre esses dois países, garantiu Felisberto Vieira.

Esta declaração foi dada à imprensa hoje pelo presidente da CERECC, Felisberto Vieira, momentos depois de concretizar uma visita institucional desta comissão ao embaixador de Cuba em Cabo Verde, Alejandro Palacios.

A visita, que serviu para aprofundar a cooperação existente entre esses países, explicou o deputado, visa também uma participação “intensa” entre esses dois parlamentos (Cuba e Cabo Verde) e uma relação “mais frequente” com a CERECC, de modo que consigam trocar informações regulares neste domínio.

Materializar o grupo de amizade que Cabo Verde possui com Cuba e vice-versa são outros objectivos da reunião avançados por Felisberto Vieira.

“Nós temos um grupo de amizade, Cabo Verde-Cuba, e há um grupo de amizade de Cuba-Cabo Verde, queremos que saia do papel para ter uma dinâmica mais funcional e mais profícua tendo em conta a história e os laços da cooperação entre os dois países”, afiançou.

Afirmou ainda que Cuba está muito “interessado” em apoiar o arquipélago no desporto de alto rendimento com a criação de uma academia para a formação desta modalidade, defendendo que já existe um protocolo no domínio desportivo, bem como cultural, economia criativa, medicina, agricultura e turismo.

Felisberto Vieira disse ainda que Cuba é um país que possui “muito prestígio” internacional, uma vez que recebe perto de cinco milhões de turistas por ano e tem uma “boa experiência no domínio turístico”, por isso, adianta que Cabo Verde deve “aproveitar e seguir” o caminho deste país, que destaca como “irmão e amigo”.

Por seu turno o embaixador de Cuba em Cabo Verde, Alejandro Palacios, realçou que o seu país está pronto para avançar na “cooperação bilateral histórica” existente entre esses países, visto que existe um ciclo de evidências que provam isto.

“Os escravos que saíram de Cabo Verde que foram para Cuba, formaram a nacionalidade cubana. Os homens africanos que chegaram à Cuba como escravos foram grandes chefes, generais de exército da libertação de Cuba”, justificou.

Por outro lado, este embaixador sublinhou que querem elevar esta cooperação a um novo patamar, ou seja, aumentar a parceria com o sector público e privado, juntamente com a sociedade civil cabo-verdiana.

Apresentação da missão da CERECC, aprofundar as relações de cooperação parlamentar, conhecer o programa de cooperação entre os dois Estados constituíram os motivos da visita institucional desta comissão à Embaixada cubana.

AF/ZS

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos