Centro de Saúde de São Lourenço dos Órgãos prova que o Governo está a cumprir com o sector – PM

João Teves, 21 Jan (Inforpress) – O primeiro-ministro afirmou hoje que o Centro de Saúde de São Lourenço dos Órgãos, ora inaugurada, e elevado à categoria de Delegacia de Saúde, prova de que o Governo está a cumprir com este sector.

Ulisses Correia e Silva, que falava hoje no acto da inauguração desta nova infra-estrutura de saúde, erigida na localidade de Serrado, lembrou que o Governo que dirige elegeu a saúde como a primeira prioridade e que estão a cumprir.

“Estamos a cumprir, com aquilo que é e que foi o nosso compromisso relativamente ao sector da Saúde, nesta infra-estrutura e noutras. Mas, essencialmente no sentido de garantirmos que a saúde vá ao encontro das populações”, concretizou o governante.

Para o primeiro-ministro, São Lourenço dos Órgãos passa a estar dotado de um Centro de Saúde “moderno e bem equipado”, considerando-o um “bom investimento ao serviço das pessoas”.

“Investir em centros de Saúde, em postos sanitários e em unidades sanitárias de base, como temos estado a fazer em todo o Cabo Verde, é levar a Saúde mais próxima da população e saúde para todos”, sublinhou.

Na ocasião, o chefe do executivo lembrou que os centros de Saúde a nível nacional estão a ser apetrechados com equipamentos médico-hospitalares modernos e funcionais, com o objectivo de colocar o serviço de saúde cada vez mais próximo da população e ainda para reduzir as evacuações internas.

“É com estes investimentos de qualidade e que tocam as necessidades das pessoas e nos concelhos onde elas vivem, que podemos dizer com cara levantada que governamos para todos os cabo-verdianos e para todos os concelhos”, assegurou Ulisses Correia e Silva

Por outro lado, afirmou que não tem dúvidas de que com a expansão do Centro de Saúde de Santa Cruz, com a entrada em funcionamento do Posto Sanitário de Cancelo (Santa Cruz) e Centro de Saúde de São Lourenço dos Órgãos e com a conclusão das obras do novo Centro de Saúde de Assomada (Santa Catarina) que Santiago Norte estará a dar “um salto significativo” a nível das estruturas de saúde, aumentar a capacidade de ofertas e bons serviços de saúde.

Por sua vez, o presidente da câmara, Carlos Vasconcelos, que considerou o dia “memorável” para a Região Sanitária Santiago Norte (RSSN), e em particular para São Lourenço dos Órgãos, mostrou-se satisfeito com o facto deste “jovem município” e os seus concidadãos terem ganhado uma infra-estrutura de saúde capaz de responder às suas demandas.

Para o autarca, já lá vão os tempos em que para um “ simples exame, diagnósticos, tratamentos, consultas de especialidades, serviços de consultas programadas de medicina geral os laurentinos teriam de se deslocar aos outros municípios para serem atendidos.

Na ocasião, o ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, concedeu a posse à primeira delegada de Saúde local, Liliane Hungria.

Com a elevação do Centro de Saúde de São Lourenço dos Órgãos à categoria de Delegacia de Saúde, a RSSN passa a ter cinco delegacias de Saúde, um hospital regional e um centro de Saúde – São Salvador do Mundo –, que depende da delegacia de Saúde de Santa Catarina.

A nova estrutura de Saúde, conforme a autarquia laurentina, congrega cinco blocos, de acordo com as necessidades funcionais, com várias valências técnico-profissionais, desde serviços gerais de prestação de cuidados de saúde, serviços de saúde reprodutiva, serviços de apoio a diagnóstico e tratamento, um bloco destinado à administração do centro e um espaço para os serviços de apoio técnico.

Trata-se, segundo a mesma fonte, de um edifício que vai ter mais valências, como consultas de especialidades, serviços de consultas programadas de medicina geral, incluindo o seguimento de doenças crónicas, internamento e salas de triagem.

As obras da construção do novo Centro de Saúde local foram co-financiadas pelo Fundo Kuwait e pelo Governo de Cabo Verde, num investimento de mais de 117 mil contos.

Estiveram ainda no acto a ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, o director Nacional da Saúde, Jorge Barreto, director da Região Sanitária de Santiago Norte, João Baptista Semedo, presidentes das câmaras e assembleias municipais de Santiago Norte, eleitos municipais e deputados nacionais da região, profissionais de saúde local e moradores.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos