Celebração e consagração da Morna é apenas início de uma “grande caminhada” e de um “futuro glorioso” – Abraão Vicente

Cidade da Praia, 03 Dez (Inforpress) – O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas afirmou hoje que a celebração e consagração da Morna Património Imaterial da Humanidade é apenas o início de uma “grande caminhada” e de um “futuro glorioso” para toda a cultura cabo-verdiana.

Na sua mensagem alusiva à Semana da Morna, assinalada pela primeira vez sob o lema “Morna Rainha – Do Arquipélago para o Mundo”, Abraão Vicente, anunciou que a celebração principal é a abertura da Casa/Museu Eugénio Tavares, na Ilha Brava, e a Casa da Morna Sodade na localidade de Praia Branca, em São Nicolau.

A Semana da Morna, frisou, tem como fronteira duas datas muito especiais, a data do nascimento de B.Leza, dia 03 de Dezembro, instituído como o Dia Nacional da Morna, e o dia 11 de Dezembro, dia em que a Morna  foi consagrada como Património Imaterial da Humanidade pela Unesco.

Para além da abertura desses espaços, Abraão Vicente sublinhou que nesta semana estarão a celebrar “grandes artistas” ligados à morna como Bana, Cesária Évora, Manel d’Novas, Frank Cavaqim e B.Leza.

“Celebramos todos os nossos grandes artistas e compositores da morna em Cabo Verde, mas também celebramos a nova geração. Geração essa que garante a resiliência da morna como um estilo musical, como prova de que a nossa cultura atingiu patamares internacionais”, disse, sublinhando que celebram também as escolas do programa Bolsa de Acesso à Cultura que tem ensinado a nova geração cabo-verdiana o valor da morna.

A Semana da Morna, ajuntou, este ano é um “marco” para celebrar a Morna como Património Imaterial da Humanidade, mas, sem dúvida, um “recomeço” para celebrarem todos os cantores, compositores, intérpretes, instrumentistas que ao longo da existência dessa nação souberam escrever o percurso, a história e a resiliência do povo cabo-verdiano.

“Feliz Semana da Morna e o próximo ano será, com certeza, mais um ano de grandes vitórias para a cultura cabo-verdiana”, finalizou.

Ainda para celebrar este dia, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural realizará uma conversa aberta sob o tema “Morna Rainha”.

O webinar contará com a participação do professor de música Isaías Tavares e dos artistas Celestino Tavares e Zé Rui de Pina que abordarão temas em torno do ensino da morna em Cabo Verde, projectos criados para driblar os impactos da pandemia no mercado da música cabo-verdiana e a divulgação da Morna.

Durante a semana da morna será ainda realizada exposição de pintura, concerto, visita ao Núcleo Museológico Cesária Évora e à exposição “Mar na Inspiração da Morna”, performance “Cantar Cesária” e “Pescador Trovador”.

A celebração da Semana da Morna acontece nas ilhas da Brava, Santiago, São Nicolau e São Vicente de 03 a 11 de Dezembro.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos