CECV procura sempre satisfazer com qualidade as necessidades dos clientes, diz responsável

Cidade da Praia, 14 Jun (Inforpress) – O presidente da Comissão Executiva da Caixa Económica de Cabo Verde (CECV) disse hoje que enquanto empresa com certificação a CECV procura sempre satisfazer com qualidade o que são as necessidades dos clientes.

“A certificação é um processo continuo em que todos os anos há uma revalidação, pelo que as melhorais são permanentes e as em não conformidades devem ser corregidas, pois são mecanismos dinâmicos de aperfeiçoamento e funcionamento de uma instituição, e da prestação de serviço de qualidade visando sobretudo a satisfação das necessidades dos clientes”, disse.

António Moreira, que falava à imprensa sobre o Fórum da Qualidade promovido pela CECV no âmbito dos 10 anos da sua certificação, salientou que a instituição bancaria quis com este fórum trazer ao debate público o tema certificação e a sua importância para a melhoria do funcionamento das organizações, nomeadamente, a questão qualidade, produtividade e competitividade.

“Para nós, a certificação não é um fim, mas sobretudo, um meio, um instrumento e ferramenta para o aperfeiçoamento continuo do funcionamento da instituição, visando, essencialmente, satisfazer com qualidade o que são as necessidades dos clientes”, acrescentou.

O presidente da Comissão Executiva da CECV, que realça o facto de se viver na era do “enfoque no cliente”, garantiu que este desfaio implica que a instituição conheça as necessidades dos clientes para poder levar a melhor resposta para a satisfação dessas necessidades.

Isso porque, asseverou, o consumidor compra a satisfação de uma necessidade, daí, sublinhou, o dever da instituição em conhecer as necessidades dos seus clientes.

“O desfaio é satisfazer as necessidades de forma que lhe seja conveniente e uma boa experiência”, prosseguiu, afirmando, por outro aldo, que é por este motivo que os colaboradores da instituição bancaria têm o hábito de fazer “sempre bem” para uma melhor qualidade.

A qualidade, segundo disse, é controlado pelas reclamações enquanto a certificação é um instrumento muito “eficaz e poderoso” para as empresas.

A primeira certificação da CECV, ISO 9001, aconteceu em maio de 2012 e significa que o procedimento da instituição bancaria e a forma como trabalha esta organiza é preparada para prestar um serviço de qualidade.

A segunda, a da segurança da informação, o ISO 27001 em 2013. significa que o sistema informático da CECV tem elementos considerados necessários para dar a garantia de protecção dos dados e de continuidade das operações da CAIXA.

Os 10 anos de certificação da CECV foi assinalado hoje com o debate de dois painéis sendo um sobre “A importância e o impacto da certificação nas organizações” e o outro sobre o tema “Boas práticas nas organizações certificadas”.

PC/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos