Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Casa do Cidadão promove maratona de programação para criação de soluções para serviços públicos

Cidade da Praia, 14 Jul (Inforpress) – Cerca de quarenta jovens entre desenvolvedores, programadores e designers participam hoje e domingo na Maratona de Programação “Hackathon”, que visa a criação de soluções de serviços eficientes que facilitem o atendimento dos cidadãos.

Em declarações à imprensa, a gestora da Casa do Cidadão, Mayra Silva explicou o objectivo da criação do “Hackathon”, que visa desafiar programadores, desenvolvedores, empreendedores, designers, engenheiros, investigadores das áreas das TIC e pessoas interessadas, a cocriarem soluções que visam tornar os serviços públicos mais eficientes, que “sirvam o cidadão”.

“Queremos assinalar a comemoração dos 10 anos da Casa do Cidadão de forma diferente que é aproximar a Casa do Cidadão do mundo digital e dos jovens que durante esses dois dias vão criar soluções e aquela que for selecionada será posteriormente desenvolvida para servir o cidadão com serviços de qualidade”, disse.

No decorrer do evento foram apresentados o novo produto da Casa do Cidadão “Or code” que, de acordo com Mayra Silva, é um programa em que o foco é a satisfação do cliente.

“O nosso desafio é aumentar os leques dos nossos produtos, e com “OR code” o cidadão vai ter a possibilidade de interagir com o Estado através do seu telefone onde pode fazer uma análise da instituição e do atendimento”, referiu.

Por seu turno, a secretária de Estado Adjunta para a Modernização, Edna Oliveira afirmou que o Governo pretende com esta iniciativa motivar os jovens, que no seu entender, são o futuro de Cabo Verde no desenvolvimento de projectos criativos.

“Este é o primeiro evento de muitos que pretendemos, portanto se as soluções que aqui forem desenvolvidas forem selecionadas como as melhores, os seus desenvolvedores vão receber um prémio e poderão juntamente com o NOSI e a Casa do Cidadão desenvolver esse protótipo para futura utilização”, afiançou.

Neste sentido, a governante desafia os participantes da maratona de programação a “darem asas à imaginação” na criação de produtos inovadores, que ajuntou, “possam ser aproveitados e utilizados como solução para a melhoria dos serviços que prestamos para os cidadãos”.

A Casa do Cidadão segundo Edna de Oliveira, é um serviço de atendimento público presencial e integral cuja integração foi concebida através do uso das tecnologias de informação, e a realização dessa maratona, no seu entender, vai contribuir na modernização da administração pública em Cabo Verde.

A maratona de programação de soluções para serviços públicos enquadra-se nas comemorações do 10º aniversário da Casa do Cidadão que se celebra hoje.

O anúncio dos protótipos vencedores e a entrega dos prémios acontece já neste domingo, 15 de Julho, no Cockpit, na Cidade da Praia.

CM/FP

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos