Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

“Capítulos da Morna” é um contributo para investigações mais aprofundadas – Carlos Gonçalves

Cidade da Praia, 05 Fev (Inforpress) – O livro “Capítulos da Morna”, apresentado hoje na cidade da Praia, é um contributo para investigações mais aprofundadas sobre a morna e sobre música cabo-verdiana, considera o autor da obra, o músico e jornalista Carlos Gonçalves.

“O tipo de informação que está ali não é a informação de pesquisa tecnológica e musicológica de fundo, mas é informação que serve para as pessoas, para quem quiser agora vai fazer pesquisas mais aprofundadas, desenvolver teses, porque eu já fiz muito trabalho”, disse, em conversa com os jornalistas momento antes da apresentação da obra.

De acordo com Carlos Gonçalves, o livro “Capítulos da Morna” é inteiramente constituído por excertos de textos, extraídos do livro Kab Verd Band AZ- dicionário da Música de Cabo Verde, cuja edição estava prevista para 2020, mas que ainda não saiu devido a várias vicissitudes.

“Logo constitui uma pequena mostra do vasto construído que abarca o quem é quem, géneros musicais e tudo o mais que se relaciona com a música de Cabo Verde. Assim, muita informação inédita e desconhecida do grande público é agora disponibilizada através destes capítulos da morna”, explicou.

O conteúdo do livro acrescentou é baseado fundamentalmente em notícias publicadas na imprensa ao longo dos anos, em informações recolhidas em livros, artigos, ensaios, com a indicação precisa de fonte, data e demais elementos essenciais a uma verificação.

O livro conta com o prefácio do músico Vasco Mastins e a publicação do livro tem a chancela do Instituto da Biblioteca Nacional, que abraçou o projecto, tendo em conta a procura de informações que despertou a elevação da morna ao estatuto de património da humanidade.

Para a apresentação do livro foi convidado o historiador e investigador cultural Edson Brito, que destacou as facetas académicas e literárias do autor.

“O livro não cinge apenas aos aspectos científicos, mas também aos aspectos da história, da curiosidade e algumas polémicas. Ele leva-nos para o mundo, para o imaginário da morna e conduz-nos de uma forma subtil. Por isso, recomendo vivamente a leitura dessa obra”, disse.

Trata-se, segundo Edson Brito, de uma obra acessível, tanto para os académicos como do público geral que não investigam, mas se interessam e queiram conhecer um pouco daquilo que é a cultura cabo-verdiana e a morna em particular.

MJB/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos