Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Candidatos do MpD às autárquicas de 2020 conhecidos em Abril

Cidade da Praia, 06 (Inforpress) – Os candidatos do Movimento para a Democracia (MpD, poder) para as eleições autárquicas de 2020, ainda sem data marcada, devem ser conhecidos no início de Abril, altura em que será a realizada a convenção autárquica do partido.

O anúncio foi feito hoje pelo presidente do partido, Ulisses Correia e Silva, durante a sessão de trabalho que serviu para apresentação moção estratégia de orientação política, no âmbito da XII convenção do partido, cuja abertura esta prevista para final de tarde.

Ulisses Correia e Silva indicou que o partido está preparado para as eleições previstas para segundo semestre deste ano, lembrando que desde ano passado foi aprovado o regulamento para a escolha dos candidatos às eleições autárquicos.

“Regras claras foram definidas e quando assim é há menos propensão para conflitualidade, e para criar dificuldades nos processos de escolha. Convenção autárquica terá lugar no início de Abril e nessa convenção autárquica todos os candidatos à presidente das camaras municipais vão ser apresentados”, disse.

MpD lidera, actualmente, 18 das 22 câmaras municipais do país.

O presidente do MpD anunciou igualmente que o partido vai operacionalizar o observatório do poder local, de instrumento importante de relação e articulação do partido com os autarcas.

“Nos criamos esta figura nos estatutos e nunca a operacionalizamos. É um instrumento importante de relação e articulação do partido com os nossos autarcas e temos já a pessoa indicada para assumir a direcção e ainda que será constituída uma equipa intervir nessa área de articulação com os autarcas do MpD.

A XII convenção do MpD, cuja abertura oficial está marcada para às 18:00 de hoje, deverá culminar a reunião da Direcção Nacional para votação do Presidente da Comissão Política Nacional e do secretário-geral sobre a proposta do presidente.

Para já Ulisses Correia e Silva anunciou que o cargo de secretário-geral, até agora ocupado pelo deputado Miguel Monteiro, vai ser assumido por uma mulher que passará a ser coadjuvada por seis secretários-adjuntos.

MJB/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos