Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

CAN’2021: Cabo Verde quer vencer Burkina Faso para garantir acesso à segunda fase

Cidade da Praia, 12 Jan. (Inforpress) – A selecção de Cabo Verde de futebol realizou esta noite o seu último treino em Yaoundé para o jogo desta quinta-feira com a sua congénere de Burkina Faso, a ser disputado no Estádio Paul Biya, em Olembe.
C

om uma vitória alcançada na jornada inaugural do Grupo B, da 35ª edição da Taça das Nações Africanas, também conhecidas por CAN’2021, Cabo Verde almeja continuar na senda da vitória, resultado que poderá assegurar a passagem automática à segunda fase, mas vai ter pela frente uma equipa adversária que irá jogar todas as fichas para se redimir da derrota e lançar-se na competição.

O treinador do Burkina Faso, Kamou Malo, que regressa à equipa após alguns dias de ausência devido à covid-19, disse que o jogo frente a Cabo Verde será decisivo.

“Recuperamos vários jogadores para o nosso encontro de quinta-feira. Vamos jogar com todas as nossas forças para vencer este jogo e ir o mais longe possível”, disse o treinador do Burkina Faso ao sítio da CAF.

“Perdi o primeiro jogo da equipa por causa do covid-19. O resultado foi decepcionante, embora a equipe tenha se saído bem. Estamos nos preparando bem para o nosso jogo contra Cabo Verde. Temos um grupo de jovens jogadores que podem dar mais. Contra Cabo Verde será o meu baptismo de fogo numa grande competição. Estou muito feliz por voltar a juntar-me à minha equipa e ser treinador neste tipo de torneios”. Advogou.

Enquanto isto, para a sua terceira participação no CAN, Cabo Verde quer fazer melhor do que em 2013, quando os Tubarões Azuis chegaram aos quartas-de-final.

Humberto Bettencourt avançou que Cabo Verde, ao iniciar bem no passado domingo nos Camarões, com uma importante vitória por 1-0 sobre a Etiópia, espera repetir quinta-feira a sua exibição frente ao Burkina Faso, consciente deque a missão não vai ser fácil, disse o assistente técnico

“Temos algumas ausências, é claro, mas fizemos uma boa preparação para este jogo contra o Burkina Faso e vamos jogar um jogo diferente do primeiro para tentar conquistar os três pontos e assim garantir uma vaga na próxima rodada da competição”, disse o técnico adjunto cabo-verdiano Humberto Bettencourt.

Bettencourt considera que “o Burkina tem um jogo diferente em comparação com a Etiópia”, mas que o colectivo crioulo preparou-se para isso, ressaltando que Cabo Verde conseguiu fazer um jogo muito bom , respeitando o adversário.
“Temos alguns jogadores testados positivos para covid-19, mas vamos fazer isso e apresentar uma equipa que vai desafiar o Burkina Faso nas melhores condições”, prometeu.

O jogo Cabo Verde x Burkina Faso realiza-se esta quinta-feira, às 20.00 locais, 18 de Cabo Verde.

Os Tubarões Azuis, nome por que é conhecida a selecção de Cabo Verde, volta a jogar ainda sem o técnico principal, Pedro Brito “Bubista”, que continua retido na Cidade da Praia à espera de teste negativo à covid-19.

Cumprida a primeira jornada do Grupo A, os anfitriões dos Camarões e Cabo Verde partilham o primeiro lugar com três pontos, frutos da vitória sobre Burkina Faso (2-1) e Etiópia (1-0), respectivamente.

Para a segunda jornada, Cabo Verde enfrenta Burkina Faso ao passo que Camarões defronta a Etiópia

SR/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos