Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara Municipal da Praia quer reforçar intervenções nos bairros mais críticos devido às chuvas (c/áudio)

Cidade da Praia, 12 Jun (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse hoje que a autarquia vai reforçar as intervenções nos bairros mais críticos devido às chuvas, reiterando um plano operacional para dar respostas às necessidades recorrentes.

Francisco Carvalho fez esta declaração à imprensa, à margem da visita que realizou aos vários bairros da capital, no âmbito da implementação do plano operacional de preparação da época das chuvas.

Na ocasião, o edil avançou que já há um plano operacional de prevenção e preparação, no valor de 96 mil contos, tendo em vista a época de chuvas, por isso, afirmou, a sua equipa quis estar no terreno “para observar aspectos a serem melhorados e fazer um bom trabalho”.

“O plano é este, estamos em conjunto com os bombeiros, protecção civil, departamentos da câmara municipal responsáveis para obras, urbanismo e planeamento, por forma a preparar a época de chuva”, apontou.

A primeira paragem aconteceu nos bairros da Várzea e Santinha, onde pôde constatar algumas irregularidades referentes às construções clandestinas, muitas delas feitas nas vias de passagem da água das chuvas.

O autarca atestou que no montante estipulado no plano operacional, há uma “parte reservada para a sensibilização” das pessoas, pois, considerou, é fundamental que todos percebam da responsabilidade individual nesse processo de urbanização no município.

“Queremos reforçar uma linha de diálogo com os munícipes, porque há situações que são recorrentes em determinadas ribeiras, vales e ruas, em que todos os anos acontece a mesma coisa, ou seja, há todo um trabalho de desobstrução, retirar escombros e no ano seguinte, o mesmo trabalho tem que ser feito novamente”, revelou.

Neste sentido, apelou os munícipes a tomarem consciência de que a cidade é de todos, sendo necessário um esforço colectivo para uma cidade mais organizada. 

Contudo, garantiu que a CMP tem estado a intervir nas zonas onde as situações são mais críticas, nomeadamente, bairros como Safende, Calabaceira, entre outros.

HR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos