Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara Municipal da Praia e Associação Bons Amigos trabalham para resolver problema de cães vadios – responsável

 

Cidade da Praia, 30 Dez (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia e a Associação Bons Amigos estão a trabalhar no sentido de resolverem o problema de proliferação de cães vadios, revelou hoje o técnico responsável da instituição de protecção e cuidados dos animais.

Madueno Cardoso, que falava à Inforpress, adiantou que para tal será assinado em Janeiro do próximo ano, um protocolo entre a autarquia praiense e a associação em que as duas partes vão colaborar para a resolução desta situação que tem sido visível um pouco por todos os bairros da capital.

Segundo o responsável, o acordo prevê campanha de castração, desparasitação, tratamento, sensibilização da população, registo e identificação de cães em todos os bairros da capital.

“Com esse acordo, a Associação Bons Amigos vai ajudar a câmara a fazer registos através de um chip que será colocado no animal”, explicou, frisando que a campanha terá início em Janeiro de 2018 no bairro de Achada Grande Trás.

O técnico afiançou que a autarquia e a Associação Bons Amigos estão a trabalhar em perfeita sintonia e sublinhou que o único ponto de divergência relaciona-se com a recolha de cães nas zonas onde a associação não tem feito intervenções.

“Neste momento, não temos capacidade financeira nem de materiais que nos permita fazer intervenções em todos os bairros da Cidade da Praia, e a autarquia entendeu que enquanto não tivermos as condições reunidas irá continuar a fazer o seu trabalho de recolha de animais”, explicou, frisando que estão a mobilizar recursos junto das associações internacionais não para que possam chegar a todas as localidades.

Entretanto, disse que são contra essa medida da câmara, mas que “não têm firmeza” para contrariar essa decisão e nem meios suficientes.

Em relação ao centro de protecção e cuidados dos animais da Associação Bons Amigos, avaliado em 30 mil contos e que estava previsto para entrar em funcionamento no decorrer deste ano, assegurou que todas as condições estão criadas para que a mesma comece a funcionar plenamente em Janeiro do próximo ano.

O projecto pretende ser um espaço dedicado aos animais abandonados e de sensibilização e educação sobre direitos e cuidados a ter com os animais.

Com 700 metros quadrados, a clínica será constituída por salas de alojamento de animais, de cirurgias, de consultas, raio X, internamento infecto-contagioso, análises, a área administrativa, sala multiuso, de acções de sensibilização e de conferências.

A Associação Bons Amigos foi fundada em 2000 pela austríaca Henriete Wilker e tem sede em Ponta de Água, na Cidade da Praia. A acção começou neste bairro e depois alastrou-se para outras localidades da capital.

A associação promove o apadrinhamento e adopção de animais de rua e recebe, todos os anos, uma equipa de médicos veterinários de várias nacionalidades, levando a cabo campanhas de castração gratuitas, com especial enfoque nos cães vadios.

AV/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos