Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara do Tarrafal reconhece contributo dos emigrantes no processo de desenvolvimento do concelho

Tarrafal, 13 Jan (Inforpress) – O vereador das Comunidades da Câmara Municipal do Tarrafal reconheceu hoje o contributo dos emigrantes no processo de desenvolvimento daquele município do interior de Santiago, destacando investimentos no sector hoteleiro, mesmo em tempos de pandemia.

Arnaldo Andrade falava em declarações à imprensa, à margem do “encontro convívio” com os emigrantes, que estão de férias no concelho, enquadrado nas festividades do Dia do Município e do santo padroeiro, Santo Amaro Abade, assinalado a 15 de Janeiro e no Dia Municipal do Emigrante, comemorado hoje.

Conforme adiantou, o município liderado por José dos Reis tem todo o interesse em dialogar com os emigrantes, que considerou “grandes investidores” por terem estado a gerar empregos na construção civil e em novas iniciativas.

“Mesmo em tempos de pandemia entrou em funcionamento quatro pequenas unidades hoteleiras no Tarrafal fruto de investimentos dos emigrantes”, congratulou-se o vereador do Turismo, Projectos, Cooperação e Comunidades.

E tendo em conta que a edilidade tarrafalense pretende que os emigrantes continuem a investir nesse município, sobretudo no turismo, adiantou que o encontro vai servir para apresentar os projectos da câmara para este sector para que estes possam perspectivar os seus investimentos nesse e noutros sectores.

Por tudo isso, deixou o compromisso de a edilidade continuar a fazer o esforço para apostar na reabilitação urbana, visando valorizar os espaços onde os emigrantes têm investimentos.

Na ocasião, aproveitou para fazer o balanço do Gabinete de Atendimento ao Emigrante do município do Tarrafal de Santiago, que concentra os serviços do Balcão Único e vários outros da câmara municipal, que entrou em funcionamento há um ano para “reaquecer” o relacionamento com a emigração.

A este propósito fez um balanço “positivo” e enalteceu o facto de terem atendido milhares de processos.

Por outro lado, lembrou que a autarquia realizou, esta quarta-feira, 12, um “encontro convívio” com a comunidade imigrada, que esteve representada por países como Guiné Conacri, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, que teve como mote uma homenagem aos imigrantes senegaleses e ao prato desse país africano “thiéboudienne” – Património Imaterial da Unesco.

“Tarrafal tem uma comunidade imigrada que está bem acolhida, bem integrada e que tem uma excelente relação com a câmara municipal, através das associações (…)”, concretizou Arnaldo Andrade.

No encontro com as comunidades estrangeiras residentes no Tarrafal foi discutido o acesso aos terrenos para construções, regulação extraordinária dos imigrantes que arranca de 15 de Janeiro a 15 de Junho, acesso à formação e questões relacionadas com a nacionalidade cabo-verdiana, sobretudo aos que têm famílias e filhos em Cabo Verde, em particular no Tarrafal.

Em conversa com a imprensa, alguns emigrantes que estiveram presentes no encontro, que teve lugar no Mercado Municipal de Artesanato e Cultura do Tarrafal, mostraram-se disponíveis em investir no Tarrafal, tendo em conta que segundo eles nota-se algum desenvolvimento.

Entretanto, os mesmos pedem construção de um cais de pesca e o fim das “muitas burocracias” nos serviços, principalmente nas alfândegas e nos aeroportos.

A Câmara Municipal do Tarrafal (Santiago) decidiu suspender as actividades culturais programas no âmbito das festividades de Santo Amaro Abade, no âmbito da suspensão das actividades culturais, com base na resolução nº 116/2021, que declara a situação de contingência em todo o País, reforçada com base na resolução nº 3/2022 do Governo.

Além de algumas actividades desportivas e dos encontros com imigrantes e emigrantes, constam da programação uma sessão solene a ser presidida pelo Presidente da República, José Maria Neves (14 de Janeiro) e uma missa solene antecedida por procissão em honra ao orago local, a ter lugar no Largo Santo Amaro Abade (15 de Janeiro).

FM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos