Câmara de São Miguel lembra a munícipes de que quem lançar escombros nas bermas das estradas pode ser multado

Calheta, São Miguel, 04 Ago (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Miguel, no interior de Santiago, voltou hoje a lembrar os cidadãos que é proibido e punível com multa lançar escombros nas bermas das estradas ou fora dos lugares indicados.

Numa nota publicada na sua página oficial do Facebook, a edilidade pediu, mais uma vez, a colaboração dos micaelenses “por um município limpo, saudável e sustentável”, até porque há locais destinados para o depósito dos escombros, localizados em Ponta Verde e em Achada Bolanha.

“A Câmara Municipal de São Miguel tem verificado um recorrente depósito de escombros nas bermas das estradas do município, pelo que informa e sensibiliza a todos os cidadãos de que esta prática é proibida por lei, estando o infractor sujeito a receber uma multa de 2.000 a 250.000 escudos para pessoa singular e de 10.000 a 500.000 escudos para pessoa colectiva, de acordo com o código de postura municipal no seu artigo 160°”, indica a nota hoje publicada.

“Todos os esforços têm sido feitos no sentido de manter São Miguel limpo, verde, saudável e aprazível para se estar, viver e trabalhar, pelo que a edilidade conta com a colaboração de todos”, acrescenta o município liderado por Herménio Fernandes.

Em Santiago Norte, praticamente em todos os seis municípios as sobras de materiais de construção têm “invadido” as bermas das estradas.

Recentemente, em declarações à Inforpress, o director do Ambiente, Saneamento e Protecção Civil da Câmara Municipal de Santa Catarina, Zenon Miranda, avançou que a edilidade procedeu à limpeza dos escombros nas estradas de Chã de Tanque e Ribeira da Barca, tendo gastado quase 1.000 contos.

Após a limpeza, assegurou que a autarquia vai fazer cumprir as leis municipais e outras, mas, no entanto, pediu a colaboração da população, sobretudo os camionistas para que juntos possam manter o município limpo, até porque há um sítio próprio para deitar sobras de construção civil e terras.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos