Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara de São Miguel inaugura obras de requalificação dos bairros de Cutelo Miranda e Monte Terra (c/áudio)

Calheta, São Miguel, 21 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Miguel, no interior de Santiago, inaugurou hoje as obras de requalificação urbana e ambiental dos bairros de Cutelo Miranda e Monte Terra, que visam levar “mais qualidade de vida e auto-estima” aos moradores.

A afirmação é do presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, no acto de inauguração dessas infra-estruturas, cuja cerimónia foi co-presidida pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, na presença da ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva.

As obras de requalificação urbana e ambiental de Cutelo Miranda e Monte Terra estão orçadas em 10 e 20 mil contos, respectivamente, e são financiadas pelo Governo, no âmbito do Programa de Reabilitação, Requalificação e Acessibilidades (PRRA).

A mesmas contemplam calcetamento de todas as ruas, nova rede de água e ligações domiciliárias a todas as casas, rede de esgoto, espaços verdes, melhoria na iluminação pública e sinalização de trânsito.

Na ocasião, o autarca micaelense afirmou que as obras oras inauguradas, além de mudarem “transformarem” os dois bairros, também mudaram a face da cidade de Calheta e do município de São Miguel, sustentando que as mesmas trouxeram “qualidade de vida e auto-estima” para os moradores dos mesmos uma “mudança abismal” para aquele bairro.

Por tudo isso, Herménio Fernandes não tem dúvidas que as obras, ora inauguradas, vão tornar Calheta “mais saudável e competitiva” e vai fazer com que ela seja uma “cidade de verdade e não apenas de papel”.

E tendo em conta que as pessoas já têm água canalizada, iluminação pública, ruas limpas e com contentores, o autarca pediu aos moradores para cuidarem das obras, para que a edilidade possa também levar as mesmas infra-estruturas aos outros bairros.

A mesma fonte pediu ainda aos residentes dos dois bairros para pintarem e para melhorarem também as fachadas das suas casas.

Por sua vez, Ulisses Correia e Silva disse que mais de que obras, que o Governo e a edilidade micaelense com tais intervenções trouxeram “mais qualidade de vida” e luta contra a pobreza para os residentes dos dois bairros.

Acrescentou que nestas duas obras há coisas mais importante e que, no entanto, não são visíveis, referindo-se ao acesso à água e ao esgoto, que considerou de “bens essenciais”.

“Estes são modelos que temos estado a replicar um pouco por todo Cabo Verde, que é fazer intervenções lá onde vão servir as pessoas e famílias, e lá onde provocam transformações”, assegurou o chefe do executivo.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos