Câmara de São Filipe quer estabelecer protocolo de cooperação económica com Pontedera (Itália)

São Filipe, 03 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, manifestou hoje o desejo de estabelecer uma parceria de amizade e cooperação económica com o município de Pontedera, na região italiana de Toscana.

O desejo foi divulgado durante um encontro que Nuías Silva manteve hoje com uma delegação de Pontedera, chefiada pelo seu presidente, Matteo Franconi, que se encontra em Cabo Verde no quadro do Festival Sete Sóis Sete Luas.

Nuías Silva, depois de fazer uma apresentação do município de São Filipe e de toda a região Fogo/Brava e das suas potencialidades, disse que existe uma “cooperação histórica” entre Cabo Verde e Itália, e que no caso concreto da ilha do Fogo é mais de carácter social e cultural.

No sector social destacou a contribuição dos Padres Capuchinhos e na cultural a parceria com o Festival Sete Sóis Sete Luas, sublinhando que o objectivo agora é, além de continuar nestes sectores, alargar para uma cooperação económica, solicitando a contribuição de Pontedera neste sentido.

Para a cooperação económica, Nuías Silva apontou alguns sectores, como a de transformação na área agro-alimentar e do turismo, em que o município poderia beneficiar de pequenos equipamentos para permitir a transformação das associações em cooperativas com capacidade de produzir para o mercado nacional e, quiçá, internacional, mas também no sector do turismo visando a fornecimento de produtos aos visitantes.

Nuías Silva convidou o seu homologo a participar, no próximo ano, nas celebrações do centenário da elevação de São Filipe à categoria de cidade, principalmente nas festas do dia do município e da bandeira, que segundo o mesmo, é a maior festa tradicional do país, e talvez, nesta ocasião as duas câmaras poderem formalizar o protocolo de geminação.

Por sua vez o presidente Matteo Franconi, que se faz acompanhar das vereadoras para as áreas da política social e de políticas ligadas a habitação, e pelo conselheiro municipal com competência para gestão dos bairros do município de Pontedera, disse que a visita deve-se à importância e o valor da arte e da cultura cabo-verdiana que conheceram graças ao Festival Sete Sóis Sete Luas.

“Celebramos um protocolo de geminação com o município da Brava, no entanto estamos totalmente abertos para assinar uma outra geminação, com uma vertente comercial”, disse Matteo Franconi, convidando, por esta razão, o presidente da câmara de São Filipe a visitar Pontedera, para aprofundar melhor esta possibilidade e conhecer melhor as empresas, verificando as experiências técnicas e tipo de contributo que poderão dar ao desenvolvimento de São Filipe.

No entanto, ficou o compromisso de as duas partes trabalharem nesta perspectiva para estabelecimento de possíveis relações de cooperação na área económica.

Hoje, a delegação de Pontedera, de que faz parte uma cozinheira, vai participar na abertura do festival Sete Sóis Sete Luas, com o espectáculo de flamenco com a bailarina Ana González, degustação gastronómica da região de Toscana e com actuação da orquestra Sete Sóis Sete Luas de São Filipe com a participação de Zuleica Rosário.

No quadro da quinta edição da Semana d´Arte, que decorre desde o dia 02, hoje realizou-se continuação da exposição de artesanatos, street ar com pinturas murais com artistas locais, workshop de teatro com Jacira Fernandes Teixeira do grupo Fogo na Voz, laboratório gastronómica com a chef Paola Angiolini, laboratório de artes com o artista plástico Paolo Gricó e início da formação artes em cabedal.

JR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos