Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara de São Filipe inscreveu mais de 15 mil contos no seu orçamento para requalificação da actual lixeira 

São Filipe, 03 Jan (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Filipe inscreveu no seu orçamento para 2022 uma verba de 15.600 contos para a requalificação da actual lixeira municipal e a sua transformação num viveiro municipal.

O projecto, cuja ficha encontra-se anexada aos instrumentos de gestão para 2022, nomeadamente plano de actividades e orçamento, visa requalificar toda a área circundante à actual lixeira municipal, dando-o “maior atractividade” e tornando-o num “verdadeiro pulmão verde” da cidade.

Será criado ali um viveiro municipal que produzirá plantas ornamentais, endémicas e flores para o uso municipal, melhorando a saúde ambiental e pública.

Após a selagem da lixeira, que deverá ocorrer ainda neste trimestre em curso, será efectuada uma limpeza e a requalificação de toda a área envolvente da lixeira actual.

O acesso ao futuro aterro controlado, financiado pelo Governo, através da Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANAS) e Fundo do Ambiente, e pelas câmaras municipais da ilha, está a avançar, faltado neste momento a sua pavimentação,

Com isso, segundo a ficha do projecto, esta área terá uma “melhor imagem e aproveitamento” para se tornar num verdadeiro centro de produção de plantas para o uso municipal.

A criação do viveiro municipal é um dos objectivos deste projecto, que visa ainda aumentar espaços verdes no município, a questão de mudanças climáticas e formar jardineiros em novas técnicas, além da limpeza e requalificação de toda área envolvente à actual lixeira e dos acessos, desde hospital até o futuro viveiro.

A requalificação ambiental da lixeira e a criação de viveiro conta com financiamento da própria autarquia.

Ainda ligado ao sector do ambiente, mais especificamente ao projecto de aterro controlado intermunicipal, situado a sul do perímetro de Monte Genebra, a autarquia inscreveu no orçamento para 2022 uma verba de 21.600 contos para aquisição de equipamento de compactação de resíduos sólidos urbanos.

De acordo com a ficha do projecto, trata-se de aquisição de equipamentos de suporte para a operacionalização do novo aterro controlado de São Filipe com o intuito de reforçar o serviço de saneamento municipal.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos