Câmara de Santa Catarina inaugura obras de requalificação da praça Mamazinha Ferreira

Assomada, 08 Mar (Inforpress) – A Câmara Municipal de Santa Catarina, no interior de Santiago, inaugurou hoje, em Assomada, as obras de requalificação da praça Mamazinha Ferreira, também conhecida por Praça dos Reformados, num investimento de 8.200 contos.

O acto, enquadrado nas actividades do Dia Internacional da Mulher, que se assinala hoje, foi co-presidido pelo edil, José Alves Fernandes, e pelo presidente do conselho de administração do Fundo do Ambiente, Mário Moreira, instituição que financiou a requalificação da praça.

A requalificação introduziu na praça um leque vasto de inovações, mormente um quiosque para cafetaria e restauração, casas de banho para ambos os sexos, um parque infantil, um ponto de bicicletas, uma rampa de acesso para cadeirantes, mesas para jogos, zona de lazer, esplanada e área verde.

Para o presidente da câmara, José Alves Fernandes, a praça, ora reaberta, no Dia Internacional da Mulher e que leva o nome de Mamazinha Ferreira, natural de Rincão, uma mulher que dedicava a sua vida à pesca e que ficou reconhecida pela sua “coragem e bravura”, é um “reconhecimento a todas as mulheres santa-catarinenses”, que segundo ele têm dado “grande contributo” no desenvolvimento do concelho, na economia da família e na educação dos filhos.

A obra que, segundo o autarca, está “muito bem feita”, é mais um passo na construção de Santa Catarina e especialmente da cidade de Assomada, que ambicionam e sonham que seja “moderna, embelezada, atractiva, competitiva, arrumada em todas as vertentes, mais verde e que orgulha todos os santa-catarinenses”.

José Alves Fernandes, que pediu a preservação do espaço, anunciou que nos “próximos meses” que a edilidade em parceria com o Governo vai fazer intervenções em outras praças e espaços públicos degradados da cidade e ainda vai investir nas vilas e povoados com grande concentração de pessoas, visando garantir acessibilidades, água e electricidade.

Os investimentos feitos e os que vão ser concretizados nos “próximos meses”, assegurou que são para melhorar a qualidade de vida da população, ambiental e ainda para aumentar a auto-estima dos munícipes.

Para o porta-voz da comunidade de Rincão, Emiliano Fidalgo, que enalteceu as qualidades da Mamazinha Ferreira, aproveitou para pedir “a quem de direito” para que construa um Museu de Gaita e uma estátua em homenagem da falecida para que a sua história possa ser conhecida.

Já os moradores dos arredores da praça, sobretudo reformados, que também reconheceram a “qualidade da obra”, atendendo aos apelos, comprometeram-se cuidar da obra, ora entregue.

Ainda no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher, a edilidade tem programado para esta tarde, uma marcha pela Igualdade na Zona Pedonal (frente ao Centro Cultural Norberto Tavares), percorrendo as principais artérias do centro de Assomada.

FM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos