Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Câmara de Santa Catarina disponibiliza três mil contos para financiamento de pequenos negócios

Assomada, 09 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal de Santa Catarina, através da Incubadora de Negócios, vai disponibilizar um crédito de três mil contos para financiamento de pequenos negócios, tanto dos jovens como das famílias desse município do interior de Santiago.

A informação foi avançada à Inforpress pelo presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, José Alves Fernandes, lembrando que para a sua equipa, o empreendedorismo jovem tem que ir para além da teoria, daí a disponibilização desse montante.

Nesse sentido, lembrou que a câmara municipal rubricou recentemente um protocolo com a Associação de Solidariedade e Desenvolvimento da Ilha de Santiago (ASDIS), visando estimular e viabilizar o empreendedorismo nos mais diversos sectores de actividades.

Ou seja, ajuntou, a cooperação com a ASDIS tem em vista a gestão inicial de três mil contos do fundo disponibilizado pela câmara para o fomento ao empreendedorismo por parte daquela instituição de micro-finanças.
“Este acordo é uma garantia para que a ASDIS possa financiar projectos de jovens e famílias de santa-catarinense”, esclareceu o autarca.

Os créditos, de acordo com o executivo camarário, são destinados a micro e pequenas empresas, e empreendedores formais e informais, em concertação com a Incubadora de Negócios de Santa Catarina, e pretende gerar o auto-emprego e incrementar o rendimento médio às famílias santa-catarinenses.

Na ocasião, José Alves Fernandes assegurou que a autarquia, através da incubadora, vai garantir toda a assistência técnica aos jovens, sobretudo, na montagem dos seus projectos a serem financiados pela ASDIS.

O Fundo de Fomento ao Empreendedorismo, criado para fazer frente às dificuldades criadas pela pandemia do novo coronavírus, segundo a edilidade comporta uma verba global de 15 mil contos, e destina-se a financiar pequenos negócios de empreendedores de Santa Catarina.

FM/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos