Câmara da Praia entrega 309 casas de Classe A do complexo Vila Vitória em Achada Limpo

Cidade da Praia, 10 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia entregou hoje 309 casas de Classe A, do complexo Vila Vitória, no bairro de Achada Limpo, arredores da Cidade da Praia.

Na ocasião, o edil praiense, Óscar Santos, esclareceu que no processo de selecção foram aceites 1.600 pedidos, “todos elegíveis”, ficando 309 seleccionados por um júri com responsabilidade na matéria.

Acrescentou que para eleger os beneficiados foi levado em conta a residência no município há mais de 10 anos, as pessoas com deficiência, os agregados familiares numerosos e o rendimento das famílias, tendo como base o Cadastro Social Único (CSU).

“Conseguimos chegar ao bom porto, alguns não foram seleccionados, mas vão continuar na base de dados e serão beneficiados em outras políticas de habitação que a câmara vai adoptar no futuro”, prometeu.

No entanto, o autarca ressalvou que a entrega dessa habitação não vai resolver o défice habitacional, adiantando que o município da Praia tem um “défice qualitativo e quantitativo” de 12 mil habitações, “que só poderá ser solucionado a longo prazo”.

Neste sentido, Óscar Santos informou que a edilidade vai lançar brevemente o programa “Praia habitat,” para a promoção de habitação unifamiliar, levando em conta as características da população da Cidade da Praia.

O edil praiense lembrou que a Assembleia Municipal aprovou recentemente uma deliberação que regula a cedência de terrenos para pessoas inscritas no CSU, que prevê a distribuição de 460 lotes para a autoconstrução.

Em representação dos beneficiados, Maria da Conceição Gomes, uma empregada doméstica e mãe de quatro filhos, disse estar “muita satisfeita” por “batalhado” muito para conseguir uma casa com melhores condições de habitabilidade.

Por isso, a beneficiada, que mora no bairro de Calabaceira, prometeu trabalhar para pagar os 3.700 escudos de renda e ajudar, juntamente com outros moradores, a preservar a habitação e todo o complexo habitacional.

“Casa para Todos” é um programa de habitação social financiado através de uma linha de crédito de 200 milhões de euros, concedida pelo governo português e que previa a construção de cerca de 8000 habitações de cariz social e que deviam fazer face ao défice habitacional existente em Cabo Verde.

OM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos