Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Cabo-verdianas Yara dos Santos e Graça Sanches entre as 50 mulheres líderes da África Ocidental

Cidade da Praia, 16 Mai (Inforpress) – As cabo-verdianas Yara dos Santos e Graça Sanches estão entre as 50 mulheres líderes da África Ocidental, anunciou hoje a Confederação de Jovens da África Ocidental.

Este é mais um reconhecimento internacional para a professora e consultora do género para países dos PALOP, Graça Sanches, e para a escritora e presidente da Associação de Relações Públicas de Cabo Verde, Yara dos Santos.

Contactada pela Inforpress, Graça Sanches considerou que este prémio é mais um estímulo para continuar os seus projectos, agora, focados para a promoção do género em África, e em especial em Cabo Verde.

“Tenho-me dedicado, neste último ano, ao meu projecto maternidade e recebo esta notícia no momento da minha retomada profissional e isso é um bom arranque”, afirmou.

A professora e ex-deputada pelo PAICV (2011 e 2016), já venceu o “Prémio Humanitário Pan-Africano sobre a Igualdade de Género e Advocacia 2016”, pelo trabalho realizado como presidente da Rede das Mulheres Parlamentares de Cabo Verde (RMP-CV), o prémio Young African Leader – MWF em 2015, o prémio “West African Youth Award 2017”, e ainda em 2018 afigurou-se na lista das 100 personalidades “mais influentes” de África, tendo ocupado o 34º lugar.

Já a escritora e presidente da Associação de Relações Públicas de Cabo Verde, Yara dos Santos, depois de ter sido destacada pela mesma confederação, em 2018, como uma das 100 jovens personalidades mais influentes da África Ocidental 2018, desta feita foi distinguida como uma das 50 mulheres líderes mais relevantes da África Ocidental.

De referir que Yara dos Santos tem levado a cabo nos últimos tempos várias actuações internacionais, em diversos países, com incidência para o empoderamento dos jovens, das meninas e das mulheres, nomeadamente, nas áreas de escrita, comunicação e liderança.

Com mais de 15 anos de carreira, Yara dos Santos é autora de seis obras literárias e galardoada com várias distinções, destacando-se os prémios “Leadership in Communication Personality 2019”, “West African Youth Award’2018”, os prémios “Humanitário Pan-Africano”.

A também Relações Públicas e Estrategista em Personal Branding tem exercido a sua experiência tanto a nível empresarial como a nível de altos dirigentes do país.

A Confederação de Jovens da África Ocidental é o órgão responsável pelo Prémio da Juventude da África Ocidental.

Segundo a página desta organização na internet, os prémios da Juventude da África Ocidental são um evento anual concebido para dar o devido reconhecimento através da atribuição de prémios de excelência e distinção a jovens entre os 18 e os 35 anos que alcançaram realizações notáveis ​​no ano em análise.

O prémio distingue as líderes jovens da África Ocidental em 18 categorias em todos os 15 estados da África Ocidental e tem como missão criar um centro de interacção e disseminação de ideias entre jovens da África Ocidental.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos