Cabo-verdiana Edna Moreira nomeada Coordenadora Regional da Juventude da África Subsaariana para as questões de Género

Cidade da Praia, 30 Nov (Inforpress)- O Fórum Internacional de Mulheres Francófonas (FIFEF) nomeou a cabo-verdiana Edna Moreira, coordenadora Regional da Juventude da África Subsaariana para as questões de Género, confirmou hoje à Inforpress a jurista.

A responsável, que também está ligada à plataforma “Mulher Cabo-verdiana e as Mudanças Climáticas”, adiantou que a sua missão será coordenar a zona subsaariana, elaborando uma proposta única que seja partilhada e financiada a nível da África francófona.

Enquanto coordenadora da África Subsaariana para as questões do Género, Edna Moreira explicou que pretende trabalhar com as instituições, o governo e organizações não governamentais que cuidam das questões de género.

“A minha primeira acção nesta indigitação será trabalhar um plano estratégico, envolvendo jovens. Para melhor trabalhar as questões de género, penso que o sector da educação é a melhor indicada, para efectivar um plano que visa a educação dos meninos e das meninas, desde a pequena infância, sobre o tema”, disse.

A jurista indicou que o Governo deve assumir essa política e começar a educar as crianças, incutindo nelas o espírito e conhecimento sobre igualdade, diferenças e oportunidades, visando com isso trabalhar a mudança de mentalidade.

Conforme a nomeada, a missão do FIFEF, nesta matéria, além de contribuir para a melhoria da vida social e política dos jovens, é também promover um fórum de reflexão sobre os abusos e assédios que as mulheres são alvo.

A Coordenadora Regional da Juventude da África Subsaariana para as Questões do Género do FIFEF é responsável por coordenar todas as acções ligadas à questão género dos países africanos que constituem a África Subsaariana.

O Forum International des Femmes de l’Espace Francophone (FIFEF, sigla em francês) é uma organização não governamental de direito congolês, com sede em Kinshasa, e que vem contribuindo com campanhas na promoção dos direitos das mulheres desde 2002.

PC/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos