Cabo Verde tem dado passos consolidados na disseminação do Direito Internacional Humanitário – CVCV

 

Cidade da Praia, 28 Jun (Inforpress) – O presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV), Mário Moreira, afirmou hoje, na Cidade da Praia, que o país tem dado passos consolidados na disseminação do Direito Internacional Humanitário (DIH).

Na sua intervenção durante o acto de abertura do seminário internacional sobre o Direito Internacional Humanitário, Mário Moreira disse que em Cabo Verde iniciou-se a divulgação deste tema com as acções no seio dos voluntários da CVCV, das Forças Armadas e polícias, através de uma parceria com os Ministérios da Defesa e da Administração Interna.

Confirmou também que, ultimamente, conheceu-se “ganhos extraordinários” com a parceria entre a CVCV e as instituições de ensino superior que vai ser reforçada com a realização deste seminário que visa favorecer o ensino do DIH” em Cabo Verde.

“Com a parceria entre as instituições e a realização deste seminário sobre o Direito Internacional Humanitário destinado aos professores universitários, abrem-se novos caminhos, novos desafios visando atingir novos horizontes”, sublinhou Mário Moreira.

A realização deste seminário visa reforçar os conhecimentos dos docentes universitários de Cabo Verde e da Guiné-Bissau em DIH, integrar o DIH no currículo universitário e incentivar a criação de uma rede académica africana lusófona em matéria de DIH.

Com este seminário pretende-se, igualmente, desencadear o interesse para o DIH e reforçar as capacidades dos actores universitários com vista a desenvolver uma “expertise” nacional no domínio do DIH que trabalhe no apoio para adopção e aprovação de leis e políticas nacionais de implementação do DIH.

Por sua vez, a reitora da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), Judite Nascimento, sublinhou a importância do seminário e disse que “a nobreza do DIH, um dos ramos de Direito, justifica a pertinência absoluta da presença da Uni-CV no encontro”.

A represente da Uni-CV manifestou o interesse em reforçar a parceria com a CVCV em matéria do DIH no sentido de dar o contributo para construir “um mundo com mais paz” e também de identificar novas áreas para cooperação no futuro.

“Através de conferências e publicações a Uni-CV tem-se falado dos Direitos Humanos. Tem sido desenvolvido uma dinâmica muito forte no que diz respeito a defesa dos direitos humanos”, salientou Judite Nascimento.

“Cabo Verde tem todo interesse em debater esse tema para agir na prevenção. Hoje não podemos dizer que há países seguros”, acrescentou.

O seminário sobre o DIH para universidades, que conta com a participação da Guiné-Bissau e do Brasil, é promovido pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICR) em parceria com a CVCV e a Uni-CV.

JL/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos