Cabo Verde regista mais dois óbitos e 43 casos positivos da covid-19 nas últimas 24 horas

Cidade da Praia, 04 Out (Inforpress) – Cabo Verde registou mais duas mortes por covid-19, e 43 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 37.701 casos acumulados, informou o Ministério da Saúde.

Estes dados foram avançados hoje pelo director nacional da Saúde, durante a habitual conferência de imprensa para fazer o balanço da situação epidemiológica da pandemia da covid-19 em Cabo Verde.

Jorge Noel Barreto adiantou que de um total de 454 resultados recebidos dos laboratório de virologia, há 43 casos novos positivos, diagnosticados na Praia (sete), Ribeira Grande (um), Santa Catarina (oito), dois cada em São Salvador do Mundo e Tarrafal e seis em São Miguel, todos na ilha de Santiago.

Já o município de Ribeira Grande de Santo Antão, foram reportados três casos positivos, Porto Novo cinco, São Vicente quatro, Tarrafal de São Nicolau dois e Maio três.

Os dois óbitos causados por covid-19, de acordo com Jorge Noel Barreto, foram registados na Cidade da Praia e no município de Tarrafal de Santiago, acrescentando que os dados apontam que foram ainda dadas por recuperadas 47 doentes, espalhados nos diferentes concelhos do país,

O país passa a contabilizar assim 470 casos activos, 36.863 casos recuperados, 344 óbitos, 15 óbitos por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 37.701 casos positivos acumulados.

No sentido de mitigar as consequências da pandemia de COVID-19 em Cabo Verde, Jorge Noel Barreto apelou às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a COVID-19 que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar protegidos o mais rápido possível.

Reforçou de igual modo o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higienização das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação da covid-19.

A covid-19 provocou pelo menos 4.798.207 mortes em todo o mundo, entre mais de 234,85 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

CM/JMV
Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos