Cabo Verde propõe modelo de integração comunitária à CPLP com isenção de vistos até 30 dias

Cidade da Praia, 24 Abr(Inforpress) – O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, disse hoje que Cabo Verde propôs à CPLP um modelo de integração comunitária que visa, num primeiro momento, estadias de curta duração no máximo de 30 dias com isenção de vistos.

Paulo Rocha falava aos jornalistas à margem da V Reunião dos Ministros do Interior e da Administração Interna da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) que acontece hoje na Cidade da Praia.

Conforme o governante, este modelo de integração propõe ainda vistos de curta temporada para profissionais, investigadores, docentes e ainda autorizações de residência.

No entanto, ressalvou que o documento está aberto a mais contribuições porque a equipa técnica só vai finalizá-lo no mês de Maio em Lisboa, Portugal, para que o documento seja aprovado em Julho.

“O modelo propõe que cada um a seu tempo em função do seu estágio de desenvolvimento possa aderir gradualmente. Antes, há todo o processo de securizacão documental. Já estamos muito avançados, uns mais do que outros, mas a maioria está a dar passos seguros e isto é o que se pretende”, avançou o ministro reiterando, no entanto, que não se pretende uma adesão em simultâneo, mas gradualmente.

“Estamos sempre a falar de adesão gradual. Estamos a falar de cada um poder decidir as suas especificidades”, clarificou.

Conforme Paulo Rocha, para além da mobilidade os ministros do Interior e da Administração Interna da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vão também analisar a autorização securitária no espaço da comunidade e questões que têm que ver com a assistência humanitária.

Sobre a ideia de Cabo Verde participar na força conjunta de intervenção em casos de catástrofes o governante afirmou que durante o dia de hoje deverão aprovar uma recomendação que defina os princípios de actuação.

Já no mês de Julho deverá acontecer uma reunião de peritos em matéria de protecção civil para trabalhar os princípios dessa força conjunta, à semelhança do que começou a ser feito com a Reunião dos Chefes de Estado Maior da CPLP que aconteceu na Cidade da Praia.

CD/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos