Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Cabo Verde participa na Conferência Internacional sobre Oceanos em Nova Iorque

 

Cidade da Praia, 02 Jun (Inforpress) – O ministro da Economia, José Gonçalves, vai representar Cabo Verde na Conferência Internacional sobre os Oceanos que decorre de 05 a 09 do corrente na sede das Nações Unidas (ONU) em Nova Iorque, Estados Unidos.

A informação foi avançada em exclusivo à Inforpress pelo ministro da Economia, que viaja esta madrugada a Nova Iorque, e que considerou a Economia Azul um tema “muito importante” para o país, “pequeno em terra” mas “um grande país” pela dimensão do seu mar.

Segundo o ministro da Economia, o mar tem recursos e liga Cabo Verde a outros países, advogando que esses recursos têm que ser geridos da melhor forma em aspectos como sustentabilidade, ambiente e crescimento económico.

No dizer deste governante existem riquezas nos mares de Cabo Verde que ainda não são conhecidos, almejando que no futuro e com a ajuda das tecnologias possam ser exploradas e nelas sejam tiradas essas riquezas e fazer com que o arquipélago seja “um país rico”.

Informou que Cabo Verde vai a este encontro na sequência da conferência “Diálogo sobre crescimento da economia azul”, que decorreu de 03 a 05 de Maio, na ilha de São Vicente.

Paralelamente ao encontro adiantou que vai haver “encontros importantes” com outros países insulares como Granada e Islândia, em que serão porta-vozes dos países ilhéus de várias partes do mundo.

“Economia Azul hoje tem maior importância e Cabo Verde cada vez mais está a ter mais protagonismo nesta área”, lembrou.

Acrescentou ainda que o arquipélago está a liderar, em África, os Pequenos Estados Insulares nesta matéria e que foi designado ainda, recentemente, num encontro em Dacar (Senegal), como país a presidir nos próximos dois anos a Comissão Sub-regional das Pescas.

O governante, que falava sobre a pesca, afiançou que, tendo em conta que a gestão sustentável dos recursos e meios para combater pesca ilegal e não regulamentada são algumas das preocupações de Cabo Verde, espera que o país venha a dar um “cunho importante” nessa comissão sub-regional com a participação do sector privado.

O evento internacional tem este ano como tema “Nossos oceanos, nosso futuro: parcerias para a Implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14”, e como meta “Buscar apoio para a implementação global do item 14 dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) ”, das Nações Unidas.

Enfrentar o lixo marinho, a conservação e o uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos são os objectivos.

FM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos