Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Cabo Verde integra colectânea infanto-juvenil da Lusofonia “contar histórias com a avó ao colo”

Cidade da Praia, 05 Mai (Inforpress) – A escritora Natacha Magalhães representa Cabo Verde no lançamento do livro infantil denominado “contar histórias com a avó ao colo”, que acontece hoje, em comemoração ao Dia Mundial da Língua Portuguesa, que se assinala a 05 de Maio.

De acordo com um comunicado de imprensa enviado à Inforpress, Cabo Verde faz-se representar no projecto pela escritora Natacha Magalhães, que foi convidada a escrever dois contos que mostram aspectos identitários de Cabo Verde e, ao mesmo tempo, trazem expressões idiomáticas ou expressões populares do país.

A nota elucida que o livro “contar histórias com a avó ao colo” remete para ditados e expressões populares, mas também para uma certa ancestralidade, para o saber passado de geração em geração.

A referida obra oferece ainda uma imagem maternal e feminina, uma vez que todos os textos são escritos por mulheres e a fixação no tempo de um saber que constitui a identidade cultural dos vários povos e nações de Língua Portuguesa.

O objectivo principal do projecto é promover e valorizar a língua portuguesa no espaço que, por excelência, integra o berço das várias culturas, tradições e linguagens que constituem a identidade desta língua para memória futura e criar uma rede de Camões, que integre escritores da CPLP, por forma a contribuir na circulação e difusão de livros entre países de língua comum, mas de contextos muito distintos.

A ilustração e o design editorial da obra são da autoria da Tânia Clímaco e a coordenação editorial é da responsabilidade da Teresa Noronha.

Além da edição do livro em suporte papel, estará igualmente disponível em suporte digital, formato de e-book, para descarregamento, podendo assim estar disponível para leitura em qualquer parte do mundo e não apenas nos países de língua oficial portuguesa.

“Contar histórias com a avó ao colo” é um projecto literário colectivo, que conta ainda com a participação de autoras dos diversos países lusófonos como é o caso de Angola (Maria Celestina Fernandes), Brasil (Mariana Ianelli), Guiné-Bissau (Kátia Casimiro), Moçambique (Angelina Neves), Portugal (Lurdes Breda), São Tomé e Príncipe (Olinda Beja) e Timor Leste (Céu Lopes).

CM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos