Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Cabo Verde espera contar com apoio de Portugal na aquisição de aeronave no domínio da defesa

Cidade da Praia, 25 Mar (Inforpress) – A direcção nacional da Defesa espera contar com o apoio de Portugal para a aquisição de uma aeronave capacitada para operar no corredor do Atlântico, no quadro da legislação cabo-verdiana, e no alinhamento de estratégias para 2021-2026.

Esta informação foi revelada esta tarde à imprensa pelo director nacional da defesa, por ocasião da VIII reunião da subcomissão bilateral no domínio da defesa entre Cabo Verde e a República Portuguesa, com o propósito de avaliar esta cooperação no Atlântico e projectar novas cooperações bilaterais para o próximo quinquénio.

Para o coronel Armindo Miranda esta aeronave afigura-se como uma das prioridades para Cabo Verde, pelo que neste encontro vai estar sobre a mesa de discussão, “já que o Governo já anunciou a aquisição de uma plataforma, o que para a sua operação, terá de contar com a inserção de frota a nível da defesa e segurança”.

Sublinhou ainda que Cabo Verde espera aquilo que Portugal tem feito sempre, alegando que as partes trabalham simultaneamente em mútua cooperação e que dada a sua posição estratégica “no corredor Atlântico, o arquipélago desempenha um papel importante na luta contra ilícitos que se passar afectará Europa, sobretudo Portugal”.  

Já o director-geral de Política de Defesa Nacional de Portugal referiu que com esta missão Portugal está a iniciar o um novo processo de negociação de um novo programa-quadro no domínio de defesa entre os dois países.

Paulo Lourenço disse que com a aproximação do término do programa em vigor no quadro desta cooperação, está-se a fazer o balanço e pensar as novas áreas que constituem prioridades de cooperação entre os dois países na área da defesa para a cooperação entre Portugal e Cabo Verde para os próximos anos.

É um processo que não se esgota numa única reunião, esclareceu Lourenço, adiantando que se pretende com este encontro ouvir Cabo Verde para em conjunto as partes inteirarem-se sobre as prioridades a serem concentradas nos próximos anos.

Considerou ser esta a hora de revisitar os projectos, visando ajustes, para melhor corresponder às necessidades da Defesa Nacional e das Forças Armadas cabo-verdianas.

SR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos