Cabo Verde e Portugal pretendem criar políticas comuns para diáspora com criação de grupo de trabalho conjunto

Cidade da Praia, 13 Abr (Inforpress) – Cabo Verde e Portugal pretendem criar políticas comuns para a diáspora, com a criação de um grupo de trabalho conjunto de articulação, coordenação e de partilha de experiências que ambos os países têm neste sector.

A intenção foi manifestada hoje, em declarações à imprensa, na Cidade da Praia, pelo secretário de Estado das Comunidades de Portugal, Paulo Cafôfo, depois de uma visita de cortesia ao primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

“As diásporas são um activo estratégico para Cabo Verde, tal como é para Portugal, e como isso podemos ter ganhos de escala”, justificou o governante, defendendo que os respectivos governos têm que dar respostas, “políticas certas” à e amizade natural que existe entre às diáspora cabo-verdiana e portuguesa.

De acordo com Paulo Cafôfo, com políticas certas implementadas e em coordenação, os dois governos podem até realizar iniciativas para as duas diásporas em conjunto.

Em relação à visita a Cabo Verde, que acontece desde quarta-feira,12, considerou que tem sido “enriquecedora” por a relação, que classificou como “única”, que existe entre Cabo Verde e Portugal sair “reforçada”.

“Há uma cooperação que é baseada no passado comum, mas nós no presente e neste reforço de cooperação projectamos um futuro alicerçado em vários eixos, sendo a diáspora o principal eixo”, notou.

Paulo Cafôfo viaja ainda hoje para a ilha de São Vicente, onde além de se reunir com o edil local, tem na agenda visitas ao Centro Nacional de Artesanato e ao Centro Cultural do Mindelo.

A visita do secretário de Estado das Comunidades de Portugal enquadra-se no conjunto de iniciativas do governo português   junto da diáspora para este mandato, denominado “Portugal no Mundo: Caminhos para a Valorização das Comunidades Portuguesas”.

O objectivo desta iniciativa é reforçar laços e aproximar os portugueses residentes no estrangeiro com o país e, simultaneamente, contribuir para uma visão actual da diáspora portuguesa.

OM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos