Cabo Verde e Portugal assinam fichas de projectos na área da defesa para o período 2017 -2021

 

Cidade da Praia, 30 Ago (Inforpress – Cabo Verde e Portugal assinam hoje as fichas de projectos na área da defesa nacional, inscritas no programa Quadro de Cooperação no domínio da Defesa para o período 2017-2021 e estabelecido em Fevereiro deste ano.

A assinatura do documento acontece no âmbito da V reunião da subcomissão bilateral de defesa entre Cabo Verde e Portugal, que acontece hoje, na Cidade da Praia, contando com a presença do director-geral de Política da Defesa Nacional de Portugal, Nuno Pinheiro Torres.

Segundo o director-nacional da Defesa de Cabo Verde, o Tenente Coronel Paulo Lopes, de entre esses projectos existem dois mais gerais que têm a ver com o apoio às estruturas das Forças Armadas e o reforço da segurança e autoridade do Estado no mar.

“O primeiro projecto tem uma componente muito mais voltada para a questão da legislação e para consolidação da própria estrutura superior das Forças Armadas. Vai também debruçar sobre a polícia militar. Temos a questão das formações dos militares”, explicou.

Quanto ao segundo projecto, adiantou que o mesmo está mais vocacionado para o mar e, por isso, será dada melhor atenção à Guarda Costeira, aos Fuzileiros Navais e à segurança marítima, sem se esquecer de busca e salvamento.

“Cabo Verde aceitou, recentemente, hospedar o centro da Zona G – arquitectura da Yaondé sobre a segurança marítima. Portugal está disponível para apoiar Cabo Verde neste sentido”, adiantou.

Paulo Lopes explicou, entretanto, que o quadro de cooperação entre os dois países é muito mais abrangente, existindo projectos de formação geral dos militares, em matéria de legislação e organização para a criação de forças que poderão ser integradas em congéneres portugueses de manutenção de paz e apoio humanitário e outras questões.

“A partilha dos mesmos valores, interesses, ideais e história comuns acabam por facilitar nesse aspecto”, sublinhou o director-nacional da Defesa.

Para além da reunião de subcomissão bilateral de Defesa entre Cabo Verde e Portugal, onde serão concluídas e assinadas as fichas de projectos para o período 2017-2021, a Cidade da Praia acolhe nesta quinta-feira, 31, uma reunião trilateral, envolvendo Cabo Verde, Portugal e Luxemburgo, visando a identificação de áreas de cooperação nessa modalidade.

Paulo Lopes explicou que entre Cabo Verde e Luxemburgo não há ainda uma cooperação a nível da defesa, mas que há interesses de ambas as partes para a concretização de parceria nesse domínio.

MJB/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos