Cabo Verde deixa de exigir Certificado Covid nas viagens inter-ilhas e internacionais

Cidade da Praia, 15 Set (Inforpress) –  Em Cabo Verde, a partir de hoje, deixou de ser obrigatória a apresentação do Certificado Covid válido ou teste de despiste negativo nas viagens inter-ilhas e internacionais com destino ao País, segundo a decisão do Governo.

Segundo a resolução do Conselho de Ministros, publicada esta quarta-feira, no Boletim Oficial, Cabo Verde deixa de estar sob o estado de alerta, com base na “evolução bastante satisfatória” da situação epidemiológica de covid-19.

Por outro lado, deixa de ser obrigatória a utilização de máscaras faciais em espaços e estabelecimentos, bem assim nos transportes colectivos de passageiros terrestres, aéreos e marítimos, “constituindo doravante uma recomendação de saúde, enquanto expressão da consciência e responsabilidade cívicas”.

“Sem prejuízo do disposto no número anterior, é reconhecida às competentes autoridades de saúde a prerrogativa de poderem fazer prevalecer a obrigatoriedade de utilização de máscaras faciais em espaços e estabelecimentos e infraestruturas de saúde, nos centros de dia e lares de idosos, ao abrigo do princípio da precaução em saúde pública, plasmado na Lei de Bases da Saúde Pública”, ressalva a resolução governamental.

Entretanto, para as viagens internacionais com origem em Cabo Verde, a exigência de Certificado Covid ou de teste negativo depende das orientações das autoridades sanitárias dos países de destino.

Nos últimos tempos, Cabo Verde tem registado uma redução considerável de casos positivos de covid-19, segundo o Ministério da Saúde.

De acordo com o boletim epidemiológico desta quarta-feira, do total de 372 amostras processadas nos laboratórios nacionais registaram-se quatro casos novos positivos, sendo três na Boa Vista e um na Cidade da Praia.

Com os novos dados, o País passou a contabilizar 17 casos activos, 61.868 casos recuperados, 410 óbitos, 46 óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total acumulado de 62.350 casos positivos.

LC/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos