Cabo Verde acolhe seminário para debater a integração do arquipélago na CEDEAO

 

Cidade da Praia, 25 Abr (Inforpress) – A Cidade da Praia acolhe, no dia 28, um seminário que vai abordar dois temas, sendo “O reforço da integração de Cabo Verde no seio da CEDEAO” e “As oportunidades económicas no seio da região da CEDEAO”.

O encontro acontece no final da reunião deslocalizadas da Comissão Mista da administração, finanças, controlo do orçamento e auditorias/trabalho, emprego, juventude, desporto e cultura do Parlamento da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) que arrancou hoje sob o tema “Os desafios da imigração ilegal e do sub-emprego dos jovens na África Ocidental”.

Ao presidir a abertura da reunião, o presidente do Parlamento, Jorge Santos, afirmou que o seminário abordará dois temas “importantes e caros” para Cabo Verde, sublinhando que o primeiro, “O reforço da integração de Cabo Verde no seio da CEDEAO” questiona a todos, mas especialmente aos deputados nacionais junto do Parlamento da CEDEAO.

“Chama a nossa atenção para mecanismos e atitudes que as autoridades de Cabo Verde devem ter no nosso relacionamento com a nossa organização regional, como estar mais perto, ser mais pró-activo, integra-se mais na busca de soluções para os problemas de desenvolvimento dos nossos respectivos países”, afirmou.

Segundo ele, o referido tema alerta, também para a necessidade de uma presença institucional e diplomática permanente junto das instâncias da CEDEAO, nomeadamente sobre as formas de representações “mais eficazes” e “mais efectivas”.

Em relação ao tema “As oportunidades económicas no seio da região da CEDEAO”, Jorge Santos entende que será um espaço para debate das oportunidades económicas na região, para se avaliar a eficácia das mesmas e para conceber propostas de soluções tendentes a preencher as lacunas identificadas.

“No meu entender, este seminário será um espaço de reflexão conjunta com a sociedade cabo-verdiana, uma acção que fechará com chave de ouro a jornada que agora começa”, reconheceu o presidente da Assembleia Nacional, promotor do seminário, em parceria com o Parlamento da CEDEAO.

A abertura do seminário será presidida pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e intervenção do presidente do Parlamento da CEDEAO, Moustapha Cisse Lo, e terá como conferencistas, o embaixador Fernando Wanhon e o secretário-geral da CEDEAO, Nelson Magbagbeola.

DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos