Cabo Verde acolhe em Novembro “Morabeza-Festa do Livro”- um evento literário dos Países de Língua Portuguesa

 

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – A Cidade da Praia vai acolher a primeira edição da “Morabeza-Festa do Livro”, um evento literário dos Países de Língua Portuguesa (PALOP) que se realiza de 30 a 05 de Novembro.

Segundo nota de imprensa do Gabinete do Governo, “Morabeza-Festa do Livro” terá uma significativa concentração de talento, tendo em conta que vai acolher vencedores de prémios literários nacionais e internacionais, para sete dias de debate e descoberta da cultura cabo-verdiana, seja na escrita, na música ou nas artes plásticas.

“Esta festa do livro terá também uma forte componente de envolvimento com a população local, desenvolvendo atividades de promoção da leitura na comunidade escolar, bem como a aproximação ao livro, através da realização de uma feira”, lê-se na nota a que a Inforpress teve acesso.

O evento, promovido pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas contará com cerca de 40 escritores convidados, entre outras figuras e artistas que participarão em mesas de debate, concertos, sessões de poesia, acções de formação e visitas a escolas.

Esta primeira edição da “Morabeza-Festa do Livro” vai contar com a presença de vários escritores cabo-verdianos e da Comunidade da CPLP, nomeadamente Arménio Vieira, Germano Almeida, Osvaldo Osório, Vera Duarte, Dina Salústio, Joaquim Arena, Mia Couto, José Eduardo Agualusa, Afonso Cruz, Valter Hugo Mãe, entre outros.

“Morabeza-Festa do Livro”, que receberá também escritores oriundos da África, Ásia e Europa, pretende assumir-se como um ponto de ligação entre os vários continentes onde a expressão portuguesa está presente e viva, através de parcerias com o Festival Rota das Letras (Macau), o Festival da Palavra (Porto Rico e Nova Iorque) e o LeV-Literatura em Viagem (Matosinhos), explica a nota de imprensa.

“Mais do que um encontro de escritores, esta festa literária procura ser um palco internacional para a produção literária cabo-verdiana e para o desenvolvimento do meio editorial local”, sublinha a mesma fonte, indicando que a programação do evento incluirá sessões nas escolas e universidades, bem como acções de formação vocacionadas para profissionais e futuros profissionais do sector editorial e livreiro.

Entre os temas de trabalho e debate com profissionais e estudantes, durante o encontro, estará a definição de uma estratégia de promoção da literatura cabo-verdiana além-fronteiras, diz a nota de imprensa em apreço.

A Biblioteca Nacional de Cabo Verde e o Palácio da Cultura Ildo Lobo (PCIL), são os palcos escolhidos para acolher a primeira edição da Morabeza-Festa do Livro.

JL/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos