Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Cabo Verde acima da média africana no nível de segurança das viagens aéreas – AAC

Cidade da Praia, 02 Ago (Inforpress) – O administrador executivo da Agência de Aviação Civil (AAC), Vasco Vieira, disse hoje que o nível de segurança das viagens aéreas em Cabo Verde está acima da média, justamente com países como Nigéria, Gâmbia e Gana.

Vasco Vieira fez esta declaração à imprensa, à margem da quinta reunião do Comitê Técnico Regulatório da Organização de Supervisão da Segurança Operacional do Grupo de Acordo de Banjul, evento que acontece entre hoje e sexta-feira, na Cidade da Praia.

Na ocasião, explicou que a reunião serve para discutir documentos sobre regulamentos da aviação civil, procedimentos manuais das diversas áreas operacionais, tais como navegação aérea, licenciamento, navegabilidade, entre outros.

Assim, apontou, o objectivo principal é garantir a segurança operacional, e durante esta semana vão ser abordadas questões das diversas áreas, cujo propósito é trabalhar para garantir que os passageiros viagem de forma segura.

Instado sobre a segurança nas viagens aéreas em Cabo Verde, Vasco Vieira avançou que é estabelecido um nível de implementação das normas da Organização Internacional da Aviação Civil, que deve ser acima dos 60 por cento (%).

“Em Cabo Verde nós temos 82,97%, assim como países como Nigéria, Gana e Gâmbia que estão também acima dos 80%”, afiançou o responsável.

Por outro lado, atestou, não há consequências directas para os países que não atinjam os valores estabelecidos, mas, assinalou, tendo essa cifra muito abaixo, implica que esses países não sejam procurados para realizar operações internacionais.

A Agência da Aviação Civil, enquanto membro do grupo, estará representada por quatro técnicos das áreas de Licenciamento, Navegação Aérea, Aeródromos e Jurídica, que fazem parte deste Comité.

O Grupo de Acordo de Banjul engloba Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné-Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa, e foi estabelecido com o intuito de promover os melhores padrões de segurança e facilitação no sector da aviação civil.

HR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos