Brava: União de associações e fundações nos EUA oferecem materiais diversos à população

Nova Sintra, 17 Jan (Inforpress) – A Associação Cabo Verdeans United, com sede nos Estados Unidos da América, encontra-se na Brava,  para oferecer materiais diversos à população, que incluem, entre outros, brinquedos, materiais escolares e medicamentos, indica fonte da associação.

Em entrevista à Inforpress, João Júnior Gonçalves, um dos membros do grupo, explicou que a associação se encontra na ilha com o objectivo específico de montar um parque infantil, na localidade de Mato Grande.

Sem especificar os custos desta acção de solidariedade, o responsável explicou à Inforpress que, no entanto,  a associação, além da montagem do parque infantil, está a doar materiais escolares, numa operação conjunta com a Marly’s Miracle Foundation, pessoas particulares, o Capeverdean American Community Development (CACD) de Rhode Island, EUA, que se envolveram nesta campanha, oferecendo brinquedos e carroças para as crianças.

João Júnior Gonçalves explica que, ao arrumarem todos os materiais num contentor, deram conta de que havia muito espaço, daí, ajuntou, entraram em contacto com outras associações e fundações que costumam apoiar cabo-verdianos, arrecadando grande quantidade de materiais e equipamentos para distribuírem aos bravenses “mais carenciados.

À Inforpress especificou que a associação Cabo Verdeans United é uma organização de caridade que apoia particularmente as do arquipélago, ajudando-as a se fortalecerem através da “brincadeira e educação”, tendo já instalado parques infantis nas ilhas da Brava, Fogo, São Nicolau, São Vicente, Santo Antão, Santiago e Maio, prevendo-se neste Verão chegar ao Sal e Boa Vista.

De acordo com João Júnior Gonçalves, para além crianças, algumas famílias com necessidades especiais, de cadeiras de rodas, fraldas, almofadas e outros equipamentos de locomoção e para a saúde, beneficiam-se desta acção de solidariedade, com apoio do Project Health CV.

Além do que já foi feito, adiantou, a associação vai apoiar a escola de Mato Grande na alimentação, uma vez que constaram que nesta comunidade havia “estas crianças iam mais cedo para a casa, porque não tinham alimentação”.

Realçou que já fez um apelo através Facebook, a pedir ajuda de forma a complementar os fundos dados pelo Governo e pela Câmara de Brava para o programa de alimentação escolar, para que “nenhuma” criança na escola de Mato Grande passe fome”.

Anunciou que estão a iniciar por Mato Grande, mas que esperam construir um sistema que funcione e chegue a outras zonas.

Em termos de plano oficial para apoiar toda a ilha, avançou que ainda não o elaboraram, mas que já estão a trabalhar nele, conforme as necessidades e especificidades apresentadas por cada localidade.

A associação, informou, já reuniram, inclusive, com o presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, para juntos discutirem o plano de apoiar Mato Grande e a ilha toda, e espera ver isso concretizado assim que regressarem aos EUA.

MC/JMV

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos