Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: Se o Papa Francisco visitar Cabo Verde será mais um marco grandioso – frei Matias (c/áudio)

Nova Sintra, 28 Jan (Inforpress) – O frei Matias adiantou hoje que se o Papa Francisco vier a Cabo Verde será mais um marco “grandioso” para o país receber a visita de dois Papas que marcaram e continuam a marcar a igreja e o mundo.

O sacerdote fez estas declarações em conversa com a Inforpress sobre os 30 anos da visita do Papa João Paulo II a Cabo Verde e comentando a notícia do jornal O País onde o padre José Constantina Bento disse que o “Papa Francisco está para vir a Cabo Verde”.

Ante esta afirmação do colega sacerdote, frei Matias adiantou que caso for, seria outro “grande marco” e ele mesmo nutre uma certa vontade de o Papa Francisco visitar o país.

Segundo o mesmo, tudo pode ser possível, pois, fazendo um certo retrocesso na história da igreja do país se calhar ninguém pensava em ter um cardeal.

E não obstante a isso, acrescentou que a igreja de Cabo Verde possui histórias, a Diocese de Santiago é a mais antiga da África ao Sul do Saara e que deu origem a muitas outras dioceses na costa ocidental.

Ressaltou também que a nível da igreja há uma história bastante forte e antiga, no país que não deixa de ser um país da periferia.

“Basta sairmos para a Europa fora ou mesmo num país como o Brasil e eu tive a experiência em falar de Cabo Verde e não sabiam onde fica, que para um país lusófono nos parece até estranho”, disse o sacerdote.

Ante os factos, adiantou que para muitos Cabo Verde não deixou de ser um país periférico, mas que o Papa Francisco tem privilegiado as igrejas da periferia não só geograficamente, mas também existenciais.

“Para nós seria grandioso receber a sua visita, até porque como sendo argentino e há uma história entre Cabo Verde e Argentina porque há um processo de beatificação de um cristão que foi escravo de nome Manuel Cabo Verde demonstrando esta ligação”, contou frei Matias.

E, disse que mesmo o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, nas duas visitas que fez ao Papa Francisco tocou neste assunto.

Enfatizou que seria “interessante” uma segunda visita de um Papa a Cabo Verde, acrescentando que “sobretudo”, são dois Papas que “marcaram e continuam a marcar”, porque João Paulo II marcou a igreja no seu longo Pontificado e Papa Francisco no seu ainda curto Pontificado tem estado a marcar não só a igreja mas o mundo.

“Imagina um país como Cabo Verde receber visita de dois Papas seria grandioso”, finalizou o sacerdote.

MC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos