Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Brava: Projecto Vitó já registou cerca de 3.700 ninhos de tartarugas nos ilhéus Rombos (c/áudio)

Nova Sintra, 26 Ago (Inforpress) – O director da Associação Projecto Vitó, Herculano Dinis, avançou hoje que já registaram cerca de 3.700 ninhos de tartarugas e mais de sete mil actividades de rastos nas praias dos ilhéus Rombos.

Este responsável deu estas informações à Inforpress, ao falar das actividades que o Projecto Vitó tem em andamento, elencando a conservação da flora, conservação de aves marinhas, conservação de tartarugas marinhas e conservação de répteis terrestres.

Tendo em conta os números registados sobre as tartarugas marinhas, considerou esta época como sendo “extraordinária e excepcional” nos ilhéus Rombos, que, segundo o mesmo, é dos cinco pontos “mais importantes” para a desova de tartarugas e para a conservação da biodiversidade em Cabo Verde.

Sublinhou ainda que na ilha do Fogo têm vindo a enfrentar alguns problemas, essencialmente de captura de tartarugas, apontando a colaboração da Polícia Nacional e da Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente no combate a esta prática.

Mas, mesmo assim, ressaltou que está a surgir alguns casos, porque “infelizmente ainda é uma prática que a sociedade não entendeu que é proibida e deve ser evitada”.

Segundo a mesma fonte, encontra-se nos ilhéus desde o passado dia 17 de Junho, uma equipa permanente de biólogo e monitores.

MC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos